Em nota, Davi defende a independência do Senado para decidir sobre eleição da Mesa — Senado Notícias

A Presidência do Senado divulgou nesta quinta-feira (24) uma nota explicando que, diferentemente do que foi publicado em alguns órgãos de imprensa, não há parecer da Consultoria Legislativa do Senado sobre a impossibilidade de reeleição dos membros das Mesas do Congresso Nacional (leia a íntegra no saiba mais). O que existe, diz o texto da Presidência, é uma análise assinada por um consultor da Casa, “cuja conclusão foi previamente solicitada por escrito conforme a ementa do trabalho”. O consultor fez a avaliação a pedido do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). 

Na nota, o presidente do Senado e do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, diz que, em razão do seu “dever de velar pelo respeito às prerrogativas do Senado”, a instituição restringiu sua manifestação no âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o tema, em resposta à intimação feita na Ação Direta de Inconstitucionalidade 6524, proposta pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). 

O texto afirma também que, nas informações prestadas ao STF, a Advocacia do Senado defendeu a observância das prerrogativas constitucionais asseguradas à Casa para definir a interpretação das suas normas, a partir da “deliberação soberana dos 81 senadores no Plenário”. 

Ainda por meio da nota, Davi Alcolumbre  enfatiza “o compromisso de zelar pela independência do Senado Federal, evitando-se que a opinião defendida por um partido ou por um grupo de 10 senadores seja imposta aos demais 71 senadores, privando-os de exercer sua missão constitucional nesta ou em outras matérias”.

Urgência

Também nesta quinta-feira, o senador Lasier Martins (Podemos-RS) protocolou na Secretaria-Geral da Mesa do Senado um requerimento de urgência na apreciação pelo Plenário do PRS 53/2018, projeto apresentado por ele para garantir o voto aberto na próxima eleição à Presidência da Casa.

O documento, apoiado por 22 assinaturas físicas e virtuais, pede que seja pautada a proposta de mudança no Regimento Interno do Senado para acabar com o sigilo na escolha do chefe do Legislativo. Lasier disse que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, precisa “cumprir a sua promessa feita na posse e pôr fim ao segredismo nas eleições da Mesa”.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/09/24/em-nota-davi-defende-a-independencia-do-senado-para-decidir-sobre-eleicao-da-mesa.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Rádio Senado disponibiliza reportagens especiais sobre as eleições — Senado Notícias

Devido à pandemia de coronavírus, as eleições municipais de 2020 foram adiadas para os dias …