Ministro Humberto Martins preside primeira sessão de julgamentos no comando do CJF – STJ

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins, presidiu nesta segunda-feira (28) sua primeira sessão ordinária frente ao conselho. Na ocasião, o ministro falou sobre a postura a ser adotada no CJF.

“Quero destacar o meu comprometimento e o compromisso que assumo com o diálogo e com o entendimento. É a gestão participativa, magistratura e cidadania lado a lado”, comentou o ministro.

A sessão foi realizada de forma mista, com o ministro Humberto Martins; o vice-presidente do CJF e corregedor-geral da Justiça Federal, ministro Jorge Mussi; o presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), desembargador federal Ítalo Mendes; e o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), juiz Eduardo Brandão de Brito Fernandes, participando presencialmente; os demais conselheiros participaram de forma virtual.

O ministro Jorge Mussi agradeceu o empenho do ministro Antonio Carlos Ferreira nos diálogos para conciliação entre a Caixa Econômica Federal e milhões de brasileiros que acionaram a Justiça Federal em virtude de problemas para o recebimento do auxílio emergencial da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Estima-se mais de cinco milhões de ações sobre questões do auxílio emergencial. É papel da corregedoria da Justiça Federal trabalhar pela conciliação, uma vez que esses milhões de processos podem inviabilizar o funcionamento da justiça”, comentou.

Pautas ap​​r​​ovadas

Além da pauta administrativa, o conselho aprovou o plano de gestão do CJF para o biênio 2020-2022 e definiu as datas das próximas reuniões até o fim do ano: serão três encontros presenciais, nos dias 26/10, 30/11 e 14/12, e outras nove sessões virtuais.

“Nós queremos fazer uma gestão participativa de Norte a Sul, Leste a Oeste. A gestão será igual para todos. Queremos uma gestão agregadora, na qual o jurisdicionado tenha respostas para os seus questionamentos, disse o presidente do STJ e do CJF.

O ministro Villas Bôas Cueva saudou o início da gestão dos ministros Humberto Martins e Jorge Mussi no CJF e disse que a gestão administrativa da Justiça Federal é um trabalho árduo. Segundo ele, não há dúvidas de que a gestão que se inicia será positiva para os objetivos do conselho.

“Para essa tarefa é preciso pessoas com elevado espírito público. Os ministros Humberto Martins e Jorge Mussi, além dessa característica, possuem experiência administrativa para auxiliar os trabalhos da Justiça Federal”, afirmou.

Despe​dida

A sessão marcou a despedida do ministro do STJ Antonio Carlos Ferreira como conselheiro do CJF. Ele foi homenageado pelos pares, que destacaram o seu comprometimento com o melhoramento da Justiça Federal. Virtualmente, o magistrado recebeu do ministro Humberto Martins uma placa de reconhecimento pelos serviços prestados.

“Quero demonstrar o meu apreço, o meu carinho e, sobretudo, o meu reconhecimento pelos serviços prestados, pelo seu trabalho no CJF”, comentou Martins.

Antonio Carlos Ferreira agradeceu as homenagens e desejou uma boa gestão para os ministros Humberto Martins e Jorge Mussi frente ao conselho. No CJF, o ministro Ferreira será sucedido pelo ministro Marco Buzzi.

Com informações do CJF.

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/STJNoticias/~3/_FA3pqYIHbY/29092020-Ministro-Humberto-Martins-preside-primeira-sessao-de-julgamentos-no-comando-do-CJF.aspx.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Ministros do STJ participam de webinário sobre gestão de precedentes no dia 26 – STJ

Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Paulo de Tarso Sanseverino, Assusete Magalhães, Rogerio …