Eleições 2020: Candidatos enfrentam dificuldades para realizar impulsionamentos

Mais uma vez a história se repete. Como na eleição anterior, os candidatos às eleições 2020 enfrentam dificuldades para realizar impulsionamentos no Facebook e no Instagram.

A lei eleitoral proíbe o impulsionamento das redes sociais com cartão de crédito pessoal durante o período eleitoral, sendo que muitos candidatos acabam cometendo esse grave erro em sua campanha, ficando sujeitos à multa eleitoral.

Romeu Escanhoela, CEO da EscaEsco Comunicação, agência especializada em campanhas eleitorais, afirma: “As dificuldades dos candidatos vão desde dúvidas de como configurar a conta de anúncio até gerar o boleto bancário para pagamento via conta de campanha, já que o Facebook não oferece um suporte acessível para isso”. E, complementa: “Já recebemos ligações de dezenas de candidatos de todo o Brasil, pedindo nossa ajuda para configurarmos a conta de anúncio e darmos suporte para que eles possam tocar os impulsionamentos daqui em diante com tranquilidade. Nós já atendemos todos eles”.

Quem precisar do suporte da EscaEsco para cotação de uma proposta comercial, seguem os contatos: (11) 3500-8068 – falecom@escaesco.com.br .

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Instituído Protocolo de Retomada dos Serviços Presenciais do TRT-18. Retorno preliminar ocorrerá a partir de 3/11 – AASP

Por meio de Portaria, o Presidente do TRT-18 instituiu nesta quinta-feira, 29/10, o Protocolo de Retomada dos …