Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região celebra 44 anos de história

Em 17 de setembro passado, o Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT9), com jurisdição no Paraná, comemorou o 44º aniversário. A celebração deste ano ocorreu em um contexto no qual os pioneiros da instituição, que atuavam na sede estabelecida na rua 24 de maio, em 1976, provavelmente não imaginavam que fosse existir.

A tecnologia avançada, historicamente adotada com entusiasmo pelos gestores do Tribunal, vem permitindo que a Justiça do Trabalho do Paraná continue a funcionar em meio à pandemia do novo coronavírus. A tramitação de processos, as sessões de julgamento, as audiências e as correições ordinárias ocorrem virtualmente, garantindo a prestação jurisdicional e, ao mesmo tempo, representando um passo para o futuro.

O presidente do TRT9, desembargador Sergio Murilo Rodrigues Lemos, o vice-presidente, desembargador Célio Horst Waldraff, e a corregedora regional, Nair Maria Lunardelli Ramos, estão à frente de um quadro de 2.457 integrantes. São magistrados e servidores de alta capacidade técnica e dedicados que, aliados à tecnologia, vêm trabalhando remotamente, mantendo a produtividade, e contando com o apoio de advogados e partes.

Os desafios são grandes, mas o TRT9 se adaptou às circunstâncias em pouco tempo e não deixou de realizar a sua missão, que é “solucionar os conflitos provenientes das relações trabalhistas com justiça e efetividade na entrega da prestação jurisdicional”.

História

A instalação do TRT9 foi autorizada pela Lei Federal 6.241, sancionada em setembro de 1975. Até então, os recursos interpostos nos processos trabalhistas paranaenses eram julgados no TRT de São Paulo (2ª Região) e os catarinenses em Porto Alegre (4ª Região).

“Uma conquista do Paraná. Um marco na Justiça do Trabalho, pois se trata do primeiro tribunal criado desde 1941 no país”. Esse é um trecho do discurso proferido pelo juiz Alcides Nunes Guimarães, durante a solenidade de inauguração do TRT9, realizada em 17 de setembro de 1976, na sede do Tribunal, na Rua 24 de Maio, nº 118, em Curitiba.

O magistrado foi o primeiro presidente do Regional, cuja jurisdição abrangia também Santa Catarina. À época, a composição compreendia seis juízes togados, vitalícios e dois representantes classistas temporários. As atividades iniciaram com 30 funcionários contratados pela CLT. Após, teve início o projeto de recrutamento, por meio de concurso público, de 144 servidores. Em 2020, o TRT9 possui 97 varas do trabalho em todo o estado, 204 magistrados (30 desembargadores e 174 juízes) e 2.249 servidores. A sede do Regional está localizada na Alameda Doutor Carlos de Carvalho, nº 528, também em Curitiba.

Em 2015, ano em que o TRT da 9ª Região comemorou 39 anos, foi lançado um livro histórico, contando a trajetória e as conquistas da Instituição. A obra Registro Histórico dos 39 Anos do TRT da 9ª Região pode ser acessada aqui.

Fonte: TRT9

Assista ao vídeo comemorativo dos 44 anos do TRT9

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/tribunal-regional-do-trabalho-da-9a-regiao-celebra-44-anos-de-historia/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=tribunal-regional-do-trabalho-da-9a-regiao-celebra-44-anos-de-historia.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Especialistas debatem impacto econômico da pandemia entre as vítimas de violência

As consequências da violência psicológica e os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus na …