Chatbot da Justiça Federal do ES é finalista em duas categorias em prêmio de inovação

O projeto Chatbot da JU, do Laboratório de Inovação da Justiça Federal do Espírito Santo – unidade do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), é finalista nas categorias “Prestação de Serviços” e “Enfrentamento da Crise”, do Prêmio Inovação Judiciário Exponencial. A premiação, que destaca os protagonistas da revolução exponencial no ecossistema de Justiça, será realizada na próxima terça-feira (13/10), das 12h às 18h30, na programação do Congresso Expojud – 3ª Edição.

O Chatbot da JU, inicialmente idealizado pela diretora da secretaria geral da JFES, Neidy Emerick Torrezani, auxilia o atendimento a todo o público externo durante o período de pandemia e da instituição do regime de trabalho remoto ao Poder Judiciário.  Foram disponibilizados três números (27) 99203-2129, (27) 99247-7884 e (27) 99272-7639 para atendimento ao público em geral, atendimento aos usuários (advogados e partes) do e-Proc e para o primeiro atendimento dos juizados especiais federais (assistência judiciária).

Esse formato de atendimento é particularmente importante durante o aumento de demanda, por exemplo, nas ações do auxílio emergencial. Além de prestar o serviço relevante para todos, a utilização do chatbot no WhatsApp permitiu que o usuário conseguisse encaminhar documentos e a petição inicial de forma mais simples, facilitando os registros, pois sua conversa fica registrada.

Economia

De acordo com a diretora do foro da JFES, juíza federal Cristiane Conde Chmatalik, “a economia veio com a substituição pela assistente virtual do atendimento tele presencial realizados por servidores da Justiça, o que seria quase impossível em relação a inúmeras demandas via telefone e a qualquer horário do dia. Essa economicidade de recursos públicos inclusive aumentou a eficiência e a produtividade. Tendo o projeto sido objeto de propagação em toda a Justiça Federal como boa prática, por ter sido implementado logo no início da pandemia”.

Os chatbots ganharam a imagem da JU, personagem criada no programa de inovação HubJus, realizado em 2018, como forma de facilitar a comunicação com os usuários da JFES.  A JU acabou se transformando em várias JUs, com imagens que representam a pluralidade das mulheres que atuam na Justiça Federal.  Além de ilustrarem a divulgação dos chatbots, as JUs também estão no Instagram da JFES, onde esclarecem dúvidas dos usuários sobre atendimento.

Fonte: SJES/TRF2

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/chatbot-da-justica-federal-do-es-e-finalista-em-duas-categorias-em-premio-de-inovacao/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=chatbot-da-justica-federal-do-es-e-finalista-em-duas-categorias-em-premio-de-inovacao.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Para ministro, juízes têm o dever de conter violência institucional contra mulheres

Enfrentar todas as formas de violência contra as mulheres, buscar a igualdade, defender os direitos …