Boletim ao vivo | Motorista de ônibus baleado em assalto será indenizado


                         Baixe o áudio
      

 

Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Expresso Metropolitano Transportes Ltda., de Simões Filho (BA), a pagar indenização de R$ 50 mil por danos morais e de R$ 20 mil por danos estéticos a motorista de ônibus vítima de assalto. Para a Turma, o envolvimento de empresas de transporte coletivo em assaltos configura risco inerente à atividade profissional.

Ouça mais detalhes na reportagem com Michelle Chiappa.

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Revista destaca que mudança no cálculo de abono da ECT não é considerada lesiva

(0:57) No Revista desta semana, veja o porquê de o Detran-DF ter sido condenado a …