Tribunal goiano tem protocolo de biossegurança para audiências de custódia

Diante do início da realização das audiências presenciais nesta terça-feira (13/10), o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) encaminhou aos magistrados o plano de biossegurança específico para realização das audiências de custódia. Conforme o despacho do presidente do TJGO, desembargador Walter Carlos Lemes, retornarão as audiências de custódia somente da Vara de Custódia da comarca de Goiânia (GO).

Os Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e da Vara Especializada em Crimes contra Crianças e Adolescentes, Pessoas com Deficiência e Idosos, ambos da comarca de Goiânia, só retomam as audiências no dia 9 de novembro de 2020. As audiências nas comarcas do interior também voltarão a ser realizadas a partir de 9 de novembro.

Entre as diversas orientações que devem ser seguidas pelos magistrados, protocolo de biossegurança  prevê “protetor facial tipo visor (Face Shield) ou isolamentos de acrílico”. Também foi atualizou o FAQ tratando deste tema e da Resolução 341 que entrou em vigência na quinta-feira (8/10).

Fonte: TJGO

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/tribunal-goiano-tem-protocolo-de-biosseguranca-para-audiencias-de-custodia/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=tribunal-goiano-tem-protocolo-de-biosseguranca-para-audiencias-de-custodia.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

CNJ dá início às aulas virtuais do curso Marco Legal da Primeira Infância

Com o objetivo de alcançar melhores resultados na realização de atividades voltadas à primeira infância, …