Videos contam histórias de servidores da Justiça Eleitoral do Rio Grande do Sul

O Memorial da Justiça Eleitoral Gaúcha publicou, no dia 24 de setembro, o décimo sétimo episódio da série denominada “Pílulas de História Oral – A Memória Viva”. Foi também o terceiro episódio dedicado à trajetória do ex-diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), Leonel Tozzi. Encerrando esta série, foram levados ao ar, no total, depoimentos de treze servidores, entrevistados individualmente, em dupla ou no formato de roda de conversa.

De forma pioneira e se adaptando ao contexto do trabalho remoto, a divulgação das “Pílulas” foi feita, principalmente, nos grupos de WhatsApp de servidores, na ativa ou aposentados. A ação teve foco no público interno, que vive um inédito afastamento do local de trabalho em função da pandemia causada pela Covid-19. Porém, todo material está à disposição do público em geral na página do Memorial.

Um dos objetivos do projeto foi o fortalecimento dos laços históricos e afetivos do corpo de servidores com a Justiça Eleitoral gaúcha, tendo por elo a trajetória de colegas que, entre as décadas de 1950 e 2010, estiveram atuando nas mais diversas atividades junto ao Tribunal e aos Cartórios Eleitorais.

Segundo o diretor-geral do TRE-RS, Josemar Riesgo, o projeto procura manter o vínculo dos colegas aposentados, ao mesmo tempo em que procura proporcionar aos servidores novos a possibilidade de conhecer a história da Justiça Eleitoral Gaúcha, contada por quem fez parte do processo.

O projeto, que contou com a parceria da Associação dos Servidores e Pensionistas do TRE-RS (ASTRERS), soma-se às iniciativas do Memorial relacionadas à História Oral, como as séries Relatos e Roda de Memória.

Fonte: TRE-RS

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/videos-contam-historias-de-servidores-da-justica-eleitoral-do-rio-grande-do-sul/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=videos-contam-historias-de-servidores-da-justica-eleitoral-do-rio-grande-do-sul.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

CNJ dá início às aulas virtuais do curso Marco Legal da Primeira Infância

Com o objetivo de alcançar melhores resultados na realização de atividades voltadas à primeira infância, …