Tribunal de Justiça de Mato Grosso ganha Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), por meio da Coordenadoria de Comunicação, é o vencedor do XVIII Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça na categoria Comunicação Interna, com o projeto “Baixe a Taxa”. O resultado foi divulgado na sexta-feira (16/10).

A coordenadora de Comunicação do TJMT, Mariane de Oliveira explica que esta campanha nasceu de uma demanda da Corregedoria-Geral da Justiça, em relação a processos judiciais que já haviam chegado ao fim, mas que ainda dependiam da baixa definitiva. Apenas assim é possível reduzir a taxa de congestionamento de processos.

“Era necessário realizar uma campanha objetiva, direcionada a juízes e assessores, com mensagens quase que diárias, a fim de conseguir o envolvimento de todos no projeto. E os resultados obtidos demonstraram que os magistrados de Mato Grosso trabalham como uma equipe. Todos foram extremamente receptivos e comemoravam conosco, em balanços semanais, as metas propostas pela Corregedoria”, conta.

Para o corregedor-geral da Justiça, desembargador Luiz Ferreira da Silva esse é o resultado de um trabalho em equipe. “Houve não só uma forma institucional de relacionamento com os juízes e servidores, mas uma interação. Além dos processos que deveriam ser trabalhados, a comunicação deu-me oportunidade de usar outras técnicas de diálogo e poder fazer o contato direto com todos, através dos vídeos, foi isso o que fez a diferença. Foi por conta da forma diferente de comunicação que atingimos esse resultado.”

O corregedor reiterou o reconhecimento e disse estar contente com o primeiro lugar. “Estou muito satisfeito, temos que trabalhar pelo todo. Esse prêmio é do Judiciário e especificadamente da Coordenadoria de Comunicação do Tribunal, que, por meio de uma ação ordinária, corriqueira da Corregedoria, transformou nesse produto de comunicação interna e conseguiu levar esse prêmio.”

Para a realização do trabalho foi elaborado um plano de comunicação interna com planejamento em diversas etapas e estratégia e comunicação dirigida a magistrados e assessores de cada unidade, com tutoriais específicos e vídeos produzidos pela equipe da Coordenadoria de Comunicação e gravados pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Luiz Ferreira da Silva. O conteúdo foi encaminhado por meio do WhatsApp aos juízes e gestores de todo estado para estimular a regularização do acervo de processos pendentes de baixa definitiva na Primeira Instância.

O TJMT concorreu com outros 20 trabalhos inscritos de órgãos ligados ao Judiciário e ficou entre os três finalistas juntamente com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) com a campanha “Pessoa com deficiência, inclusão é valorizar” e o Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJTO) com o vídeo “O resultado do nosso trabalho”. O prêmio é uma iniciativa do Fórum Nacional de Comunicação & Justiça (FNCJ), que reconhece os melhores trabalhos realizados pelas assessorias de comunicação dos órgãos do sistema de Justiça do país.

Fonte: TJMT

Assista ao vídeo de apresentação da campanha Baixe a Taxa

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/tribunal-de-justica-de-mato-grosso-ganha-premio-nacional-de-comunicacao-e-justica/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=tribunal-de-justica-de-mato-grosso-ganha-premio-nacional-de-comunicacao-e-justica.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Justiça do Trabalho da 15ª Região promove esforços concentrados pela conciliação

Aderindo ao Mês Nacional de Conciliação, promovido pela Justiça do Trabalho, e à Semana Nacional …