Governo recua na decisão de interromper ação de brigadistas no Pantanal e na Amazônia — Senado Notícias

O governo recuou na decisão de interromper as atividades de agentes de combate a incêndios no Pantanal e na Amazônia. Esses agentes, entre os quais se incluem brigadistas, trabalham para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Wellington Fagundes (PL-MT), presidente da comissão de senadores que acompanha as ações contra os incêndios no Pantanal, afirmou que faltaram planejamento e diálogo na decisão anterior do governo de retirar os brigadistas dos locais das queimadas. Fabiano Contarato (Rede-ES), presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado (CMA), disse que “o governo federal tem promovido um verdadeiro desmonte das políticas de proteção ambientais, e o que está acontecendo no Ibama é inaceitável”. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/audios/2020/10/governo-recua-na-decisao-de-interromper-acao-de-brigadistas-no-pantanal.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Projeto proíbe indicação de parente como suplente ao cargo de senador — Senado Notícias

Um projeto de lei do senador Fabiano Contarato (Rede-ES) visa proibir o nepotismo entre candidato …