Vanderlan Cardoso vai para o segundo turno na disputa para prefeitura em Goiânia — Senado Notícias

O senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) garantiu vaga no segundo turno da eleição para prefeito de Goiânia (GO). Ele teve cerca de 25% dos votos válidos no pleito deste domingo (15) e ficou em segundo lugar, atrás de Maguito Vilela (MDB) (36%). O segundo turno acontece no dia 29 de novembro.

Ele é o único senador que permanece na disputa municipal de 2020. Jean Paul Prates (PT-RN), candidato em Natal, foi derrotado ainda no primeiro turno. Ele também ficou em segundo lugar, com 14%, mas a eleição não vai para o segundo turno porque o primeiro colocado atingiu mais de 50% dos votos válidos.

O adversário de Vanderlan no segundo turno goianiense também é um nome com passagem pelo Senado: Maguito Vilela teve mandato na Casa entre 1999 e 2006. Ambos os candidatos entraram na corrida eleitoral tardiamente, no início de setembro, após o atual prefeito da capital goiana, Iris Rezende (MDB), favorito à reeleição, anunciar que não concorreria.

Se vencer o segundo turno, Vanderlan Cardoso será o sétimo senador a se eleger prefeito desde a redemocratização do país, em 1985.

Em Natal, Jean Paul ficou atrás do atual prefeito, Álvaro Dias (PSDB), que garantiu a reeleição imediata com 57% dos votos válidos. O senador contou com o apoio da governadora potiguar, a ex-senadora Fátima Bezerra (2015-2018), de quem foi suplente e a quem sucedeu no Senado depois das eleições de 2018.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/11/15/vanderlan-cardoso-vai-para-o-segundo-turno-na-disputa-para-prefeitura-em-goiania.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

PEC Emergencial irá a votação na próxima quarta-feira — Senado Notícias

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, informou que a votação da PEC Emergencial (Proposta de …