Agente prisional não pode cumular adicionais de periculosidade e insalubridade

Um agente prisional em Alagoas (AL), deve optar pelo recebimento do adicional de periculosidade ou de insalubridade. A decisão é da Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST). De acordo com o colegiado, não é permitida a cumulação dos dois adicionais, conforme prevê o parágrafo 2º do artigo 193 da CLT. Acompanhe o caso com a repórter Talia Santos.

Confira outras notícias do Tribunal Superior do Trabalho em: http://www.tst.jus.br

 

O TST Tube é o canal oficial do TST no YouTube. Inscreva-se para acompanhar as principais decisões do Tribunal Superior do Trabalho e reportagens sobre o Direito do Trabalho.

Para ficar por dentro de todo o conteúdo produzido pelo TST Tube, inscreva-se! http://bit.ly/TSTTube

 

Para sugestões, críticas ou dúvidas, entre em contato conosco pelo email: crtv@tst.jus.br

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Empresa de carro-forte terá de indenizar vigilante que levou oito tiros em assalto 

Segundo a perícia, ele ficou com 60% de incapacidade para a atividade. 26/02/21 – A RRJ …