Livro de Marcelo Neves chega à final de concurso internacional – OAB

A votação para a escolha da mais importante obra do
constitucionalismo moderno chegou a sua fase final. O livro “A constitucionalização
simbólica”, do jurista brasileiro Marcelo Neves, é um dos finalistas. O
concorrente é o livro “On revolution”, de Hannah Arendt, de 1963. A votação vai
até essa quinta-feira (19). Acesse o link de votação

O livro foi publicado inicialmente no Brasil em 1994 pela
editora Acadêmica, de São Paulo; foi publicado na Alemanha pela renomada
editora alemã Duncker und Humblot, de Berlin, em 1998, em versão ampliada
escrita em alemão pelo autor. Com base nessa edição, foi publicada a 2ª edição
brasileira pela Martins Fontes, em 2007. Em 2011 saiu a 3ª edição pela WMF
Martins Fontes. Em 2017 foi publicada uma edição em espanhol, no Peru.

“ ‘A constitucionalização simbólica’ contém um frutífero
desenvolvimento da teoria da função simbólica da política e do direito. No
âmbito de uma reconstrução extraordinariamente sutil das abordagens teóricas,
criticam-se as concepções holísticas que atribuem um caráter puramente
simbólico ao direito e tornam-se mais precisos os elementos passíveis de
sustentação, de maneira a possibilitar uma diferenciação entre as funções
normativas e simbólicas do direito. Com base nesses pressupostos, o autor
desenvolve a teoria da constitucionalização simbólica, que esclarece
definitivamente as diferentes funções da Constituição na modernidade periférica
e central, diagnosticando, entretanto, uma tendência de aproximação desta
àquela nas condições de evolução da sociedade global”, traz a sinopse do livro.

Marcelo Neves tem extensa produção científica e trabalhos
acadêmicos publicados no Brasil e no exterior e é considerado um dos expoentes
do pensamento jurídico brasileiro. Formado pela Faculdade de Direito de Recife,
fez doutorado na Alemanha e realizou estudos de pós-doutorado também na
Inglaterra, Suíça e Itália. Lecionou em diversas instituições brasileiras e
internacionais e atualmente é professor titular de Direito Público na Universidade
de Brasília (UnB).

Além de intensa atividade acadêmica, a trajetória de Marcelo
Neves é marcada também por uma participação ativa na vida política do país
desde a juventude, ainda no período da ditadura militar. Na OAB Nacional,
Marcelo Neves foi membro da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais na
gestão 2013/2016. 

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/58556/livro-de-marcelo-neves-chega-a-final-de-concurso-internacional.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Adiada abertura de inscrições para reaproveitamento da 1ª fase do XXXI Exame de Ordem – OAB

A OAB Nacional, por meio da Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado, e a …