Anvisa aprova uso emergencial das primeiras vacinas contra coronavírus no Brasil — Senado Notícias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou no domingo (17), para uso emergencial, as duas primeiras vacinas contra o coronavírus no Brasil. São previstos 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca, produzida em parceria pela Universidade de Oxford com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e 6 milhões de doses da CoronaVac, produzida pela chinesa Sinovac em parceira com o Instituto Butantan. Minutos depois da aprovação, a enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, tornou-se a primeira brasileira a ser vacinada, em São Paulo. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, disse que a imunização vai permitir que “possamos retomar as rédeas das nossas vidas”. A reportagem é de Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/audios/2021/01/anvisa-aprova-uso-emergencial-das-primeiras-vacinas-contra-coronavirus-no-brasil.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Tasso Jereissati quer CPI para investigar atuação do presidente da República na pandemia — Senado Notícias

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) defendeu a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) …