OAB defende liberdade de expressão e critica ação do ministro da Justiça contra advogado – OAB

O presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, e a Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia (CNDPVA) repudiaram a ação do ministro da Justiça, André Mendonça, que requisitou inquérito policial, com base na Lei de Segurança Nacional, para investigar declarações do advogado Marcelo Feller sobre o presidente Jair Bolsonaro.

Feller participou, em julho do ano passado, de um programa jornalístico na televisão e criticou, com base em estudos acadêmicos, as atitudes do presidente Jair Bolsonaro no combate à pandemia da covid-19. Por causa da manifestação, o advogado virou alvo do ministro da Justiça. Para o presidente nacional da OAB, a medida tenta criminalizar os críticos do governo.

“O ministro da Justiça, André Mendonça, ao requisitar inquérito policial para investigar o advogado Marcelo Feller, busca atingir, mais uma vez, quem se manifesta de forma crítica ao descalabro do governo diante da pandemia que atinge os brasileiros. No momento em que o país soma mais de 212 mil vidas perdidas, a preocupação demonstrada pelo governo é intimidar e tentar calar os que apontam seus erros no lugar de salvar vidas, suprir oxigênio nos hospitais e viabilizar a vacinação de todos. Com a tentativa de criminalizar os críticos, o ministro extrapola suas funções, desvia o foco dos verdadeiros responsáveis pelo descaso com a saúde dos brasileiros e desrespeita princípios caros ao Estado Democrático de Direito, como a liberdade de expressão”, afirmou Felipe Santa Cruz.

O presidente da CNDPVA, Alexandre Ogusuku, classifica a abertura de inquérito como descabida e afirmou que a OAB está à disposição do advogado Marcelo Feller para auxiliar no que for necessário. “A Comissão de Defesa das Prerrogativas encaminhará para a diretoria do Conselho Federal a análise de um possível desagravo ao colega. A CNDPVA também repudia o que considera uma tentativa de silenciar as vozes críticas no debate público”, disse Ogusuku.

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/58645/oab-defende-liberdade-de-expressao-e-critica-acao-do-ministro-da-justica-contra-advogado.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

OAB conquista mais uma vitória no combate à Covid-19 – OAB

A OAB Nacional celebrou, nesta quinta-feira (25), mais uma vitória para a sociedade no combate …