Boletim ao vivo | Monitor da Fundação Casa terá de pagar cota-parte de plano de saúde durante afastamento pelo INSS


                         Baixe o áudio
      

 

A Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho julgou procedente a ação de cobrança ajuizada pela Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Fundação Casa), de São Paulo (SP), para que um servidor restitua os valores pagos a título de cota-parte do plano de saúde durante seu afastamento previdenciário. Como o desconto era feito em folha, a suspensão do contrato de trabalho impediu a fundação de receber a parte do empregado.

Ouça mais detalhes na reportagem com Anderson Conrado.

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Peticionamento Eletrônico – Problemas Frequentes

   Peticionamento Eletrônico – Problemas Frequentes   Fonte Oficial: TST. ​Os textos, informações e opiniões …