Projeto determina prisão por até seis anos para quem furar fila de vacinação contra covid-19 — Senado Notícias

Projeto de lei cria novo tipo penal para quem fraudar a ordem de preferência na imunização contra o coronavírus. A proposta, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), estabelece pena de detenção, de dois a seis anos, e multa, podendo haver aumento de dois terços à pena se praticado por agente público. Randolfe ressalta que o ato de furar a fila de imunização coloca em risco a saúde das pessoas que têm vacinação prioritária, como profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate à pandemia de covid-19 ou grupos com potencial de maior agravamento e óbito em casos de contágio.

A reportagem é de Lara Kinue, da Rádio Senado.

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/audios/2021/01/projeto-determina-prisao-por-ate-seis-anos-para-quem-furar-fila-de-vacinacao-contra-covid-19.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Tasso Jereissati quer CPI para investigar atuação do presidente da República na pandemia — Senado Notícias

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) defendeu a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) …