Associação Nacional dos Inventores comemora 35 anos de existência

Entidade dedica-se a assessorar inventores brasileiros independentes, gerando grandes oportunidades de negócios

A Associação Nacional dos Inventores (ANI) comemora, neste mês de janeiro, 35 anos de existência dedicados a assessorar inventores brasileiros independentes, gerando grandes oportunidades de negócios para eles.

Além disso, a ANI presta suporte a inventores e empresários quanto à legislação que rege a propriedade industrial (marcas, patentes, direitos autorais, copyrights e registros de softwares) e no lançamento de produtos e projetos para diversas áreas da atividade industrial e comercial.

Carlos Mazzei, presidente da entidade, afirma: “Nem todos os inventores que tentaram negociar seus projetos conseguiram, porém todos os que conseguiram tentaram” e complementa: “Nós auxiliamos os inventores brasileiros há mais de três décadas a conseguirem sua propriedade intelectual e, também, na busca por um investidor, por um empresário, para que sua invenção seja produzida em larga escala, transformando assim a vida desse inventor com o recebimento de royalties por sua ideia”.

De acordo com Mazzei, hoje as pessoas se preocupam mais com a proteção da ideia do que anos atrás, porém ainda estamos muito longe de conseguirmos conscientizar todos os inventores sobre essa importância do registro de sua propriedade intelectual.

Em sua história, a ANI já elaborou mais de 25 mil relatórios de patentes e auxiliou mais de 50 mil inventores brasileiros. O sucesso reflete em suas redes sociais, são quase 11 mil inscritos só em seu canal no YouTube e mais de 3 milhões de visualizações de seus vídeos na Internet.

Celebridades como Jô Soares, Ana Maria Braga, Faustão, Ratinho, Maísa, Fábio Porchat, Fátima Bernardes, Otavio Mesquita e Katia Fonseca já estiveram na ANI ou receberam um integrante da associação em seus programas televisivos para falar sobre o trabalho desenvolvido em prol dos inventores brasileiros. Inclusive, o Programa Amaury Jr já gravou um especial na sede da ANI falando sobre as invenções brasileiras.

Durante estes 35 anos, a ANI já participou de mais de 30 feiras internacionais de inovações, entre elas a FIEE Smart Future e Automec.

Atualmente, a associação reúne cerca de 3 mil associados, autores das mais diversas criações, desde um equipamento que pode ser acoplado aos carrinhos de bagagem utilizados nos aeroportos, transformando-se em uma plataforma para o passageiro sentar até um sistema que evita o desperdício de água nos chuveiros de aquecimento a gás.

Mazzei finaliza: “Se você tem uma grande ideia, uma invenção, e precisa colocá-la em prática, o seu primeiro caminho é falar com a ANI”.


Museu das Invenções

O único Museu das Invenções da América Latina, conhecido como Inventolândia, inaugurado em 1996, também faz parte da ANI. A Inventolândia está localizada em sua sede e conta com um acervo variado de produtos revolucionários. O museu, localizado na Rua Dr. Homem de Melo, 1109, Perdizes, em São Paulo capital, está aberto para mostrar aos estudantes e demais interessados como a ciência pode ser prática e divertida.

Agende sua visita através do telefone: 11 3670-3411 ou WhatsApp: 11 94738-4249.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

STJ – Terceira Seção aprova novas súmulas – AASP

A Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), especializada em direito penal, aprovou na …