Livro de advogado aborda a responsabilidade constitucional dos agentes políticos – OAB

Está aberta, pela editora Fórum, a pré-venda da obra “A responsabilidade constitucional dos agentes políticos”, do advogado e membro da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais da OAB, Rodrigo Tostes de Alencar Mascarenhas. No livro, ele procura responder questões centrais relacionadas à conduta dos agentes políticos analisada sob o viés da Constituição Federal. O prefácio foi escrito por J.J. Gomes Canotilho, um dos maiores constitucionalistas em língua portuguesa. 

“Todos nós queremos políticos honestos e competentes. Mas o que fazer quando essas expectativas são frustradas? Como construir um sistema de responsabilidade constitucional dos políticos que, integrando institutos tratados isoladamente como impeachment, improbidade e inelegibilidade, represente uma solução? Um sistema que não seja, por um lado, um terceiro turno buscado por perdedores que querem levar para a Justiça uma disputa política nem, por outro lado, deixe impunes governantes criminosos capazes de assistir a uma calamidade sem tomar providências sérias? Qual o papel da responsabilidade política nessa equação? Prerrogativas, como o foro privilegiado, ainda se justificam?”, indaga Mascarenhas.

A obra destaca como indispensável a tarefa de manter um equilíbrio entre os extremos, ou seja, entre a necessidade de repressão enfática aos ilícitos cometidos por aqueles que ostentam responsabilidades políticas e, por outro lado, a imperiosa necessidade de tomar todas as cautelas possíveis para que um governante escolhido pelo povo não seja afastado ou punido, bem como para que o funcionamento do Estado não seja igualmente abalado em acusações sem fundamento. 

Clique para acessar a pré-venda

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/58711/livro-de-advogado-aborda-a-responsabilidade-constitucional-dos-agentes-politicos.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Comissão promoverá debate internacional sobre desenvolvimento sustentável e transição digital – OAB

A OAB Nacional, por meio da Comissão Nacional de Relações Internacionais (CNRI), vai promover uma …