Nota à imprensa – STF

Em relação ao vazamento de mais de 70 mil senhas da administração pública, incluindo 98 senhas do domínio do Supremo Tribunal Federal (STF), o tribunal informa que:

– A área de segurança cibernética do STF teve acesso à íntegra do material e confirmou que trata-se de um compilado de informações antigas, de usuários que utilizaram o e-mail institucional para fazer cadastro em serviços e sites da internet. Ou seja, não se trata de nenhum tipo de invasão a sistemas da Suprema Corte;

– Em outubro do ano passado, a equipe do tribunal obteve acesso a contas institucionais (que incluem as mencionadas agora) que circulavam na Dark Web. Diante disso, o Serviço de Atendimento ao Usuário do STF já havia entrado em contato com os usuários dos e-mails envolvidos para a renovação das credenciais de acesso.

Fonte Oficial: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=461741.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Ministra anula condenação de casal em situação de rua por tentativa de furto em supermercado – STF

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a absolvição de um casal …