TST reconhece legitimidade do MPT para ajuizar ação sobre horas extras

A Seção Um de Dissídios Individuais do Tribunal Superior do Trabalho confirmou a legitimidade do Ministério Público do Trabalho (MPT) para ajuizar ação coletiva quando o assunto diz respeito a direitos comuns dos trabalhadores. A decisão foi tomada após o colegiado negar recurso da Viação Cometa, empresa de transporte rodoviário.

Entenda o caso com a repórter Evinny Araújo.

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Revista destaca que Turma declara nulidade de contrato de merendeira admitida sem concurso público

(00:56​) A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho afastou …