Seminário Internacional sobre a Lei Geral de Proteção de Dados terá transmissão no YouTube do CJF – STJ

Nos dias 29 e 30 de abril, o Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal (CEJ/CJF), em parceria com a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) e o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), realizarão o II Seminário Internacional sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) – Arquitetura da privacidade no Brasil: Eixos centrais da política nacional de proteção de dados.

O evento vai ser transmitido, ao vivo, pelo canal do CJF no YouTube. A emissão de certificado será reservada aos participantes inscritos. As vagas já foram preenchidas, mas osrninteressados ainda podem se inscrever – aquirn– e aguardar por desistência na lista de espera.​

O seminário contará com a participação dos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Villas Bôas Cueva, como coordenador e moderador; Paulo de Tarso Sanseverino, Herman Benjamin e Antonio Saldanha Palheiro, como moderadores.

O objetivo do encontro é discutir as ações necessárias para a efetiva implementação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (Lei 13.709/2018), considerando seus preceitos mais importantes incorporados ao ordenamento jurídico brasileiro, além de identificar os pontos com maior probabilidade de demanda acerca de sua interpretação pelos tribunais.

No dia 29, o seminário começará às 9h e se encerrará às 12h45; no dia 30, irá das 9h às 16h30. Ao todo, serão sete painéis de debates. Confira a programação.

O evento se destina a magistrados, advogados, servidores públicos, professores, membros do Ministério Público, estudantes e outros profissionais que lidam com a matéria. Estarão presentes autoridades nacionais e internacionais. ​

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/STJNoticias/~3/QhkSpdo298U/17032021-Seminario-Internacional-sobre-a-Lei-Geral-de-Protecao-de-Dados-tera-transmissao-no-YouTube-do-CJF.aspx.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Série de reportagens no YouTube mostra decisões do STJ sobre a pandemia – STJ

Pouco mais de um ano após o primeiro caso de Covid-19 reconhecido oficialmente no Brasil, …