Projeto zera alíquota para importação de insumos para intubação — Senado Notícias

Os relatos das dificuldades enfrentadas nos hospitais, com a escassez de medicamentos usados para intubar pacientes, motivaram o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) a propor alíquota zero para a importação desses insumos. De acordo com o Projeto de Lei (PL) 1.023/2021, essa redução valerá até o fim da emergência de saúde pública gerada pela pandemia de covid-19.

Entre os medicamentos que são usados na intubação estão relaxantes musculares, sedativos e anestésicos injetáveis. Em algumas cidades, a baixa nos estoques desses insumos fez com que cirurgias eletivas fossem canceladas, para que os medicamentos possam atender os pacientes com covid-19.

— Neste momento, estamos na iminência de uma crise de abastecimento de insumos necessários para intubação de pacientes, considerados insumos essenciais para o procedimento de intubação, e o Poder Executivo federal, mais uma vez, falha no seu dever de proteger a vida e a saúde da população brasileira — lamentou Randolfe.

O senador lembrou que o governo não prorrogou a redução das alíquotas estabelecidas no início da pandemia, e, com isso, a redução perdeu a eficácia em outubro de 2020. A falta desses insumos, disse o senador, foi comunicada em agosto de 2020 pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) e mesmo assim o governo cancelou a aquisição desses kits de intubação.

Desabastecimento

Para ele, há uma “completa e catastrófica” omissão por parte do governo federal, que, em vez de coordenar os esforços, tem deixado estados e municípios sem resposta, tendo de tomar medidas de forma descentralizada. Com isso, explicou o senador, a aquisição de kits de intubação por um estado pode significar o desabastecimento em outro.

— Assim, deve agir o Congresso Nacional, tomando as rédeas da situação ante a omissão do Poder Executivo federal, zerando a alíquota dos insumos necessários ao procedimento essencial à manutenção da vida durante período de pandemia do coronavírus — argumentou.

O texto cita o Tratado de Montevidéu, do qual o Brasil é signatário. O tratado, assinado por países da América Latina e pelo México, instituiu Associação Latino-Americana de Integração (Aladi). Para garantir que as medidas não sejam impedidas por regras do acordo, o senador citou no projeto o artigo 50, segundo o qual nenhuma de suas regras será impedimento à adoção e ao cumprimento de medidas de proteção da vida e da saúde das pessoas, dos animais e dos vegetais.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2021/03/25/projeto-zera-aliquota-para-importacao-de-insumos-para-intubacao.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Comando da PF pode ter que passar por sabatina e votação no Senado — Senado Notícias

A nomeação para o comando da Polícia Federal pode ter que passar pelo crivo do …