para ampliar emendas, Orçamento subestimou despesas obrigatórias — Senado Notícias

Em entrevista à Rádio Senado, o diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI), Felipe Salto, afirma que o Orçamento de 2021 projeta um valor total para as despesas obrigatórias que é menor, por exemplo, que o valor projetado pelo governo federal e pela própria IFI. Isso teria acontecido, segundo ele, para que se pudesse aumentar o valor das despesas com emendas parlamentares. De acordo com a Nota Técnica nº 46, publicada pela IFI, “reduziu-se o orçamento previsto para despesas obrigatórias em favor do aumento de despesas discricionárias derivadas de emendas de relator-geral e emendas de comissões permanentes”. O diretor-executivo da IFI afirma que “esse é um nó que precisa ser desatado”. O Orçamento de 2021 foi aprovado na semana passada pelo Congresso Nacional e aguarda sanção do presidente da República. Ouça o áudio com a entrevista completa.

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/audios/2021/04/ifi-para-ampliar-emendas-orcamento-subestimou-despesas-obrigatorias.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Gastos com Previdência podem chegar a R$ 21 bi em 2021, segundo a IFI — Senado Notícias

Os gastos com Previdência no ano que vem foram superestimados em até de R$ 21 …