TST institui nova política de governança de Tecnologia da Informação e Comunicação

O novo regulamento revoga o Ato GDGSET.GP nº 291/2019

Imagem de pessoa operando dispositivo digital

Imagem de pessoa operando dispositivo digital

6/4/2021 – A presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministra Maria Cristina Peduzzi, assinou nesta terça-feira (6) o Ato TST.GP n°64/2021, que institui a nova política de governança de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) no TST.

As normas consideram a Resolução nº 370/2021, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que implementa a Estratégia Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação do Poder Judiciário (Entic-JUD) para o sexênio 2021-2026.

As novas determinações visam a uma melhor gestão de recursos, riscos e benefícios, com o intuito de maximizar a entrega de valores às partes interessadas. O acompanhamento e o monitoramento são elementos-chave na consumação de projetos de TIC. 

Definições

De acordo com o Ato, o objetivo central da Governança de TIC é “estabelecer princípios, diretrizes e responsabilidades que orientem o uso atual e futuro da tecnologia da informação no TST”. Além disso, a intenção é que se otimize recursos, ativos e capacidades de TIC no Tribunal.

Para garantir qualidade e segurança nos serviços prestados, o modelo operacional da Tecnologia da Informação e Comunicação do TST é formado por nove componentes essenciais: orçamento, direitos decisórios, desempenho, talentos, fornecedores e parceiros, estrutura organizacional, localidades, ferramentas e formas de trabalho.

Além disso, o sistema possui elementos como software, hardware, equipamentos de telecomunicações e processos de trabalho, que viabilizam a produção dos resultados que atendam às necessidades da instituição.
Instrumentos de direcionamento

O Ato estabelece como instrumentos de direcionamento da TIC no Tribunal, a Estratégia Nacional de TIC do Poder Judiciário (Entic-JUD), o Plano Estratégico do TST, as diretrizes da Presidência, o Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação (PDTIC), as Políticas de Gestão de TIC, bem como outros normativos externos ao TST relativos à TIC.

O PDTIC, em especial, será realizado periodicamente e aprovado pela Presidência do TST, após a avaliação do Comitê de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação (CGTI) do Tribunal. O Ato entra em vigor na data de sua publicação e revoga o normativo anterior, GDGSET.GP nº 291/2019. 

(MG/RT)

 

$(‘#lightbox-etmp_ .slider-gallery-wrapper img’).hover(
function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 0);
}, function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 1);
}
);
$(document).ready(function() {
var etmp_autoplaying=false;
var etmp_showingLightbox=false;
const etmp_playPauseControllers=”#slider-etmp_-playpause, #slider-etmp_-lightbox-playpause”;
$(“#slider-etmp_”).slick({
slidesToShow: 1,
slidesToScroll: 1,
autoplay: etmp_autoplaying,
swipeToSlide: false,
centerMode: false,
autoplaySpeed: 3000,
focusOnSelect: true,
prevArrow:
‘,
nextArrow:
‘,
centerPadding: “60px”,
responsive: [
{
breakpoint: 767.98,
settings: {
slidesToShow: 3,
adaptiveHeight: true
}
}
] });
$(“#slider-etmp_”).slickLightbox({
src: ‘src’,
itemSelector: ‘.galery-image .multimidia-wrapper img’,
caption:’caption’
});
});

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Artista brasiliense faz gravura do TST em homenagem ao aniversário de Brasília

A gravura foi elaborada a partir de fotografia da fachada do Tribunal e vai compor …