Diretora de empresa de medicamentos decide ficar em silêncio na CPI — Senado Notícias

A diretora da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades, afirmou na CPI da Pandemia que se considera investigada e, por isso, e a partir de habeas corpus obtido no Supremo Tribunal Federal (STF), permanecerá em silêncio na comissão. Senadores argumentaram que Emanuela poderia responder perguntas que não caracterize “autoincriminação”. Saiba mais na cobertura ao vivo.

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/audios/2021/07/diretora-de-empresa-de-medicamentos-decide-ficar-em-silencio-na-cpi.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Senadores desejam sorte a atletas brasileiros nos Jogos Olímpicos de Tóquio — Senado Notícias

No dia em que foram abertos oficialmente os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, senadores se …