Perícia confirma atestado médico de convocado a depor à CPI da Pandemia — Senado Notícias

Perícia médica do Senado confirmou nesta terça-feira (13) que Amílton Gomes de Paula, religioso que participou de negociações para venda de vacinas em nome do Ministério da Saúde, se encontra impossibilitado de comparecer à CPI da Pandemia. O depoimento de Amilton estava previsto para 14 de julho, mas Amílton apresentou atestado médico alegando problemas renais.

A perícia do Senado foi realizada na casa de Amílton a pedido do presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), ao receber o atestado apresentado pelo pastor. O atestado tem validade de sete dias a partir de 9 de julho. Com a ratificação do estado de saúde, uma nova data será marcada será marcada para o depoimento.

A convocação de Amílton atende pedido do vice-presidente do colegiado, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). O senador lembra que o caso veio à tona no início de julho, quando o Jornal Nacional, da Rede Globo, mostrou e-mails em que o diretor de Imunização do Ministério da Saúde, Laurício Cruz, autorizava o reverendo a compra, por meio de uma organização não-governamental, de vacinas AstraZeneca com a empresa Davati Medital Supply em nome do governo. 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2021/07/13/pericia-confirma-atestado-medico-de-convocado-a-depor-a-cpi-da-pandemia.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Senadores desejam sorte a atletas brasileiros nos Jogos Olímpicos de Tóquio — Senado Notícias

No dia em que foram abertos oficialmente os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, senadores se …