Tribunal e comarcas de Mato Grosso ampliam atendimentos presenciais

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e as 79 comarcas do estado iniciam, nesta segunda-feira (19/7), a terceira etapa do Plano de Retorno Programado às Atividades Presenciais. Com isso, foram reestabelecidas as atividades presenciais, com a população que demanda atendimento podem ir fisicamente a uma unidade do Judiciário estadual.

Mesmo assim, segue sendo incentivado o uso dos meios tecnológicos disponíveis para o atendimento remoto, com vistas a manter os serviços e ao mesmo tempo reduzir os riscos de contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19). A decisão do TJMT considerou o avanço na campanha de vacinação em Mato Grosso, que já aplicou a 1ª dose em 232.739 pessoas e imunizou completamente 81.468 pessoas na capital, o risco epidemiológico “moderado” na maioria das comarcas e que a taxa de ocupação de UTIs está estabilizada em torno de 70%.

De acordo com a Portaria-Conjunta n. 660, nesta etapa há a manutenção do expediente interno, com a presença física das equipes do TJMT no horário das 13h às 19h, respeitado o percentual máximo de 60% do quadro da respectiva comarca. E os prazos processuais dos processos físicos e híbridos tramitam regularmente.

A portaria autoriza, desde que observadas as medidas sanitárias indicadas pelos órgãos competentes e demais disposições e protocolos estabelecidos pelo Judiciário, a realização na modalidade presencial de audiências e sessões do Tribunal do Júri que envolvam réu preso, audiências de custódia, se não houver restrição informada pelos órgãos de segurança pública, audiências relativas a processos que envolvam adolescentes internados em conflito com a lei, além de audiências com crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional e familiar.

Fonte: TJMT

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/tribunal-e-comarcas-de-mato-grosso-ampliam-atendimentos-presenciais/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=tribunal-e-comarcas-de-mato-grosso-ampliam-atendimentos-presenciais.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Reeducandos em Vila Velha (ES) participam de curso sobre comunicação não-violenta

Durante essa semana, 60 reeducandos da Penitenciária Semiaberta e da Casa de Custódia de Vila …