Covid-19: Dez comarcas retornam à etapa vermelha na Justiça do Trabalho de Goiás

O Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT18), que atua em Goiás, publicou portaria com a relação atualizada das etapas de retomada vigentes em cada uma das suas unidades. Em relação à portaria anterior, assinada em 12 de julho, houve o avanço de Anápolis para a Etapa Laranja e retorno de Goiânia, Inhumas, Ceres, Luziânia, Valparaíso de Goiás, Formosa, Quirinópolis, Rio Verde, Jataí e Mineiros à Etapa Vermelha.

Assim, conforme o documento, encontram-se na Etapa Laranja as Varas do Trabalho sediadas em Anápolis, Porangatu e Uruaçu. Estes locais estão autorizados a adotar as medidas e os serviços previstos na Etapa Laranja do Protocolo de Retomada dos Serviços Presenciais. Essa etapa permite a realização de audiências de instrução na modalidade mista. Já as audiências iniciais e de conciliação devem continuar a ocorrer exclusivamente por videoconferência.

As demais unidades devem observar as medidas previstas na Etapa Vermelha, a mais restritiva de todas. As audiências mistas designadas para a realização nas unidades que tenham regressado à Etapa Vermelha são mantidas por duas semanas.

As mudanças de etapas seguem critérios objetivos definidos no Protocolo. A progressão à Etapa Laranja ocorre quando os níveis de riscos e correspondentes indicadores epidemiológicos e de capacidade de atendimento hospitalar permanecerem na faixa “MODERADO” por pelo menos três semanas consecutivas. Para ingressar na referida etapa, a Região de Saúde não pode estar classificada em situação de “Calamidade” e seu valor de Re (Velocidade de contágio no tempo) deve estar em valor inferior a 1,2.

Fonte: TRT18

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/covid-19-dez-comarcas-retornam-a-etapa-vermelha-na-justica-do-trabalho-de-goias/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=covid-19-dez-comarcas-retornam-a-etapa-vermelha-na-justica-do-trabalho-de-goias.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Reeducandos em Vila Velha (ES) participam de curso sobre comunicação não-violenta

Durante essa semana, 60 reeducandos da Penitenciária Semiaberta e da Casa de Custódia de Vila …