Juízo 100% Digital está em funcionamento no Judiciário de Sergipe

O presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE), desembargador Edson Ulisses de Melo, e outros gestores do Tribunal apresentaram, na quinta-feira (22/7), o funcionamento do Juízo 100% Digital a representantes do Ministério Público Estadual, Defensoria Pública e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SE). Com o Juízo 100% Digital, todos os atos processuais, inclusive audiências e sessões de julgamento, podem ser praticados exclusivamente por meio eletrônico e remoto.

A nova modalidade foi implementada em unidades do TJSE no dia 8 de julho e já tem 107 processos cadastrados. “Finalmente, o Tribunal de Justiça de Sergipe conseguiu atender a um pleito antigo dos senhores, que vai descomplicar a vida de todos. A nossa Secretaria de Tecnologia e a Diretoria de Modernização Judiciária se empenharam para dar resposta a essas postulações”, destacou o presidente.

A juíza auxiliar da Presidência do TJSE Maria da Conceição da Silva Santos lembrou que os processos já tramitavam de forma 100% virtualizada, E agora as mídias relativas a provas processuais, como arquivos em MP3, MP4, JPG, PNG e PDEF, também serão inseridas digitalmente.

Por enquanto, o Juízo 100% Digital está funcionando em Varas Cíveis Comuns e de Família e Sucessões na comarca de Aracaju (SE). Conforme explicou o diretor de Modernização Judiciária do TJSE, Daniel Vilanova Batalha, após o período de testes, serão decididas as próximas unidades a receberem a modalidade de tramitação de processos. Ele explicou que partes e representantes devem informar, no momento do ajuizamento, se aderem ao Juízo 100% Digital. Nesse caso, devem acrescentar o endereço eletrônico e um número de celular. Assim, a citação, notificação e intimação serão feitas por qualquer meio eletrônico.

“O Juízo 100% Digital é uma das medidas que o CNJ adotou nessa pandemia e precisamos ver como isso vai se comportar, como a sociedade vai aproveitar essa modalidade. Mas uma coisa é certa, acelerou-se um caminho que já vinha sendo tomado, o caminho do processo eletrônico. Nós tínhamos o processo eletrônico, mas não os procedimentos eletrônicos. Estamos empolgados com esse horizonte que se desenha, de termos de fato uma Justiça digital e inclusiva”, afirmou o siretor de Modernização do TJSE.

A vice-presidente da OAB/SE, Ana Lúcia Aguiar, destacou a importância da nova ferramenta. “Eu, particularmente, sou uma admiradora da tecnologia do Tribunal de Justiça de Sergipe, a qual considero uma das melhores entre os Tribunais do país. Nesse início, poderão surgir dificuldades com o uso dessa ferramenta, mas acredito que os ajustes serão feitos.”

“Parabenizo do Tribunal por essa inovação. O Tribunal de Justiça de Sergipe sempre se destaca nacionalmente por estar na vanguarda da modernização”, elogiou o promotor de Justiça Nilzir Soares Vieira Júnior. Já o subdefensor-geral do estado, Vinícius Barreto, lembrou que o TJSE sempre busca estreitar o caminho entre a população e os serviços do sistema de Justiça. “E esse caminha passa, principalmente após essa pandemia, pela tecnologia.”

Fonte: TJSE

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/juizo-100-digital-esta-em-funcionamento-no-judiciario-de-sergipe/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=juizo-100-digital-esta-em-funcionamento-no-judiciario-de-sergipe.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Participação de pessoas negras no TRT4 é tema de livro e documentário

“Num mundo onde querem nos matar, contar e registrar as nossas vidas é revolucionário!”. A …