Operadora de trator vai receber indenização por ter sido discriminada em razão da idade

A Oitava Turma do Tribunal Superior do 5rabalho negou a dois fazendeiros a redução da indenização que devem pagar a uma operadora de trator vítima de assédio moral. Para a Turma, condenação fixada em R$ 5 mil foi razoável e proporcional, diante das circunstâncias que a motivaram.

PROCESSO: RRAg – 11087-95.2016.5.15.0115

Confira outras notícias do Tribunal Superior do Trabalho em: http://www.tst.jus.br

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Quem é Quem – Diretor-Geral – Título

Fonte Oficial: TST. ​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade …