DF: Projeto de inteligência artificial é finalista em prêmio nacional de inovação

O Toth, projeto de inteligência artificial do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), é um dos finalistas do Prêmio Judiciário Exponencial 2021, que tem como objetivo premiar as iniciativas de inovação tecnológica ou de processos voltados para o provimento de informações e serviços para a sociedade ou externos à instituição. A edição deste ano contou com 117 inscrições de todo o país.

Finalista na categoria “Inovação Tecnológica”, o Toth é uma ferramenta de inteligência artificial aplicada ao cadastro de novos processos no Processo Judicial eletrônico (PJe), que auxilia com a recomendação de possíveis classes e assuntos para os processos judiciais. Quando o advogado ou advogada autua um processo, o Toth analisa a petição inicial e indica a classe e o assunto em que se enquadra.

O projeto do TJDFT tem como um dos seus principais objetivos promover celeridade na análise dos processos e a prestação jurisdicional ganha em qualidade. Além disso, o Toth atende recomendações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre o desenvolvimento de microsserviços e conversação entre sistemas e promove acesso à Justiça, por meio de produtos que empregam a inteligência artificial.

Agilidade

O Toth começou a ser utilizado, como projeto piloto, na 1ª Vara Cível, de Família, Órfãos e Sucessões de Santa Maria, em março de 2021. Sua receptividade foi grande por parte das pessoas que utilizam o PJe, como atestou o diretor de secretaria Guilherme Cabral. “A experiência tem sido muitíssimo interessante. Acredito que é mais uma ferramenta importantíssima na adequação processual e no âmbito estatístico, para o TJDFT, em particular, e para a Justiça em geral.”

Em maio, outras oito varas passaram a integrar o piloto e seus resultados têm sido bastante animadores, com taxas de acerto das recomendações das classes entre 72% e 100% e, dos assuntos, variando entre 66% e 98%.

Como o projeto ainda está em processo de expansão, há uma tendência de melhora na precisão de suas recomendações, uma vez que o mecanismo de aprendizado da ferramenta é retroalimentado à medida que mais e mais petições iniciais são analisadas e novas recomendações são realizadas.

Fonte: TJDFT

Conheça mais sobre o Toth no YouTube

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/projeto-de-inteligencia-artificial-do-tjdft-e-finalista-em-premio-nacional-de-inovacao/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=projeto-de-inteligencia-artificial-do-tjdft-e-finalista-em-premio-nacional-de-inovacao.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Curso Questões Atuais do Saneamento Básico no Brasil tem apoio do CNJ

Estão abertas até quarta-feira (27/10) as inscrições para o curso Questões Atuais do Saneamento Básico …