Link CNJ destaca quinta (30/9) debate impacto do desaparecimento de pessoas

O Anuário da Segurança Pública apontou o desparecimento de quase 80 mil pessoas em 2019, das quais apenas 39 mil localizadas. Do total, é estimado que 40% eram crianças e adolescentes. Entre as causas constam, além de problemas de saúde mental e migração, violências diversas, entre as quais o tráfico de pessoas.

Desde 2018, o Judiciário tem uma Política Institucional de Atenção e Apoio às Vítimas de Crimes e Atos Infracionais. Recente alteração na norma, aprovada pelo em abril, define que os tribunais devem criar Centros Especializados de Atenção às Vítimas, para que funcionem como um canal especializado de atendimento, acolhimento e de orientação.

Para debater essa realidade, a revista eletrônica Link CNJ desta quinta-feira (30/9), às 21h, recebe Vera Lúcia Ranu, presidente fundadora da ONG Mães em Luta, e Larissa Leite, responsável pelo programa de pessoas desaparecidas e seus familiares do Comitê Internacional da Cruz Vermelha.

No quadro Uma História, o desembargador Francisco das Chagas Lima Filho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), conta caso que envolveu o desaparecimento de um empregado de uma empresa, durante o horário de trabalho. O patrão deveria ou não ser responsabilizado? O processo gerou conflitos na consciência do próprio julgador, mas envolveu também ética e objetividade jurídicas. E ainda tem o giro com as notícias mais importantes que estão rolando nos tribunais e nas redes sociais.

O Link CNJ é exibido toda quinta-feira, às 21h, pela TV Justiça, com reprises nas sextas (7h), sábado (12h), domingo (14h) e terça-feira (7h30).

Acesse aqui para saber como sintonizar a TV Justiça na sua cidade

Ficha Técnica

Link CNJ na TV Justiça
Toda quinta-feira, às 21h

Direção: Betânia Victor Veiga

Equipe CNJ:
André Mota
Daniel Noronha
Gilberto Costa
Gustavo de Oliveira
Hudson Cerqueira
Hugo Santos
Jônathas Seixas
Jhonatan Alves
Juliana Freitas
Juliana Neiva
Luis Marcos
Marcelo Silva
Ricardo da Costa
Thaís Cieglinski

Produção: Lívia Faria
Apresentação: Guilherme Menezes
Edição de imagens: Rafael Duarte
Edição de texto: Guilherme Menezes
Cabelo e maquiagem: Kelen Rosa
Figurino: Talitha Oliveira
Operador de câmera: Elias Cardoso e Emerson Soares
Diretor de imagem: Éster Domingos
Operador de áudio: Jabes Junior
Operador de teleprompter: Wendel Pereira
Operador de VT: Suzi Orsi
Núcleo de programação: Rosa Wasem
Núcleo técnico: Fábio Guedes
Núcleo de produção de programas: Flávia Soledade
Supervisão: Coordenadoria de Gestão da TV e Rádio Justiça / Secretaria de Comunicação Social STF

Agência CNJ de Notícias

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/link-cnj-destaca-quinta-30-9-debate-impacto-do-desaparecimento-de-pessoas/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=link-cnj-destaca-quinta-30-9-debate-impacto-do-desaparecimento-de-pessoas.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Ministros recebem homenagem pelo apoio à Justiça Restaurativa

O Comitê Gestor da Justiça Restaurativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) homenageou os ministros …