OAB Nacional acompanha abertura do código-fonte das urnas eletrônicas no TSE – OAB

A OAB Nacional participou, nesta segunda-feira (4), da cerimonia de abertura do “Ciclo de Transparência Democrática – Eleições 2022”, promovido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para promover ações de transparência e marcar a abertura do código-fonte das urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições do próximo ano. A Ordem foi representada na cerimônia pela conselheira federal e presidente da Comissão Especial de Estudo da Reforma Política, Luciana Nepomuceno. Ela também integra a Comissão de Transparência das Eleições, criada pelo TSE.

 No evento, representantes de partidos políticos, membros do Judiciário e do Legislativo, representantes de entidades públicas e da sociedade civil foram convidados para acompanhar os processos de transparência. O código-fonte das urnas é o programa com os sistemas que efetivamente concretizam o processo eleitoral na urna eletrônica. É a aplicação com as instruções para o funcionamento dos equipamentos. Normalmente, a abertura do código-fonte ocorre seis meses antes do pleito, mas o TSE decidiu antecipar o procedimento – um ano antes das eleições – para proporcionar maior transparência.

 Com a divulgação do código-fonte das urnas, entidades da sociedade, partidos políticos, universidades e órgãos públicos podem iniciar o processo de fiscalização e auditoria das urnas. “Abrir o código fonte significa colocá-lo à disposição de todos os partidos para examinarem, fiscalizarem e participarem de cada passo do desenvolvimento desse programa. Temos uma obsessiva preocupação em tornar o sistema tão transparente quanto o possível. Estamos muito empenhando em prover a sociedade brasileira com eleições limpas, seguras e auditáveis”, afirmou o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso.

 Após a cerimônia de abertura do código-fonte, os representantes partidários e da Comissão de Transparência das Eleições fizeram uma visita técnica à sala-cofre e à sala onde serão abertos os códigos-fonte dos sistemas eleitorais, no prédio da Secretaria de Tecnologia da Informação do TSE. “O presidente Barroso criou essa comissão exatamente para ampliar a transparência e explicar o funcionamento do sistema de fiscalização das urnas e do processo eleitoral. Como representante da sociedade civil, a OAB está presente, mais uma vez, acompanhando todo o processo, fazendo parte da auditoria, fortalecendo a democracia no Brasil”, afirmou a representante da Ordem, Luciana Nepomuceno.

 Também participaram do evento os ministros Edson Fachin e Alexandre de Moraes, o senador Antonio Anastasia, como representante do Senado, o deputado Luciano Bivar, como representante da Câmara dos Deputados, o vice-procurador-geral eleitoral, Paulo Gonet Branco, todos os presidentes de partidos políticos com representação no Congresso Nacional, além de representantes de entidades como a Organização dos Estados Americanos (OEA), o Idea Internacional e a União Interamericana de Organismos Eleitorais (Uniore), que atuam como observadores em eleições nos países do continente americano.

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/59203/oab-nacional-acompanha-abertura-do-codigo-fonte-das-urnas-eletronicas-no-tse.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Comissão aprova PL que permite descontar honorários previdenciários diretamente no benefício – OAB

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou com alterações pontuais, …