Chico Rodrigues elogia aprovação do projeto que cria o marco legal das ferrovias — Senado Notícias

Em pronunciamento nesta terça-feira (5), o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) elogiou o senador Jean Paul Prates (PT-RN), relator do projeto que cria o marco legal das ferrovias brasileiras (PLS 261/2018). A matéria foi aprovada no Senado e agora segue para análise na Câmara dos Deputados. Chico Rodrigues também elogiou o senador licenciado José Serra (PSDB-SP), que é o autor da proposta. Ele declarou que a iniciativa tem a marca de Serra, “dono de uma visão própria, que enxerga além do seu tempo”.

Para Chico Rodrigues, a ampliação das ferrovias no país vai resultar em diminuição de custos e no aumento da velocidade de distribuição de produtos, devido ao transporte de grandes volumes de carga, como minérios e produtos provenientes da agricultura. O parlamentar ressaltou que “essa visão geoestratégica, geopolítica e o grande salto da nossa economia passam por obras e decisões dessa natureza”.

O senador também lembrou em seu pronunciamento que Roraima, que ele representa, tornou-se estado há 33 anos — quando foi promulgada a Constituição Federal, no dia 5 de outubro de 1988.

— É um estado que, pela sua localização geopolítica, tem realmente um futuro fantástico. E, com toda a sua população proveniente de todas as origens deste país, estamos lá construindo um grande estado da federação brasileira.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2021/10/05/chico-rodrigues-elogia-aprovacao-do-projeto-que-cria-o-marco-legal-das-ferrovias.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Senado lança segundo Plano de Equidade de Gênero e Raça — Senado Notícias

O Senado lançou ,nesta sexta-feira (22), o Segundo Plano de Equidade de Gênero e Raça …