Documentário “130 Anos do STF” estreia na TV Justiça – STF

Para comemorar os 130 anos do Supremo Tribunal Federal (STF) no período republicano, completados em 2021, a TV Justiça exibe, no próximo domingo (24), às 22h, documentário sobre as conquistas e a evolução da Corte ao longo desse tempo. Com duração de 30 minutos, o filme apresenta depoimentos de ministros, especialistas e cidadãos para relembrar julgamentos que garantiram direitos fundamentais à sociedade.

Guardião da Constituição Federal, o STF foi chamado a decidir diversos assuntos, muitos deles controversos, envolvendo liberdade de expressão, direitos homoafetivos, discriminação racial e sexual, pesquisas com células tronco e demarcação de terras indígenas, entre outros.

A Suprema Corte tem se aproximado dos brasileiros, ao convocar audiências públicas com a participação da sociedade civil e membros do poder público e a contribuição técnica de especialistas que compartilham conhecimentos específicos, de forma a ajudar a convicção dos ministros no julgamento de temas com grande relevância social. Além disso, o Tribunal inovou com a transmissão ao vivo das sessões de julgamento e com investimentos em tecnologia.

O STF caminha para se tornar uma Corte 100% digital. Em 2006, adotou o processo eletrônico e, em 2007, os julgamentos passaram a ser feitos também pelo plenário virtual, inicialmente para a análise dos casos de repercussão geral. A votação é feita pela internet, e os votos podem ser acompanhados em tempo real, à medida em que forem lançados pelos ministros. Em 2018, o Supremo também passou a usar a inteligência artificial para identificar casos de repercussão geral. Esses investimentos tecnológicos buscam aprimorar o trabalho do Tribunal e proporcionar, cada vez mais, celeridade aos processos.

O documentário “130 Anos do STF” estreia no domingo (24), às 22h, com reprises ao longo da semana.

 

Fonte Oficial: http://portal.stf.jus.br/noticias/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=475289&ori=1

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Ministro Alexandre de Moraes cassa regime aberto a condenados por tráfico privilegiado em SP – STF

Ministro Alexandre de Moraes cassa regime aberto a condenados por tráfico privilegiado em SP Fonte …