Sessão plenária marca encerramento da Correição Ordinária no TRT da 20ª Região (SE)

A solenidade foi transmitida ao vivo no canal do TRT-20 no YouTube.





22/10/2021 – A Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho encerrou, na manhã desta sexta-feira (22/10), a correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT20). As atividades, que foram realizadas em formato telepresencial, tiveram início na segunda-feira (18/10) e foram encerradas com a leitura da ata da correição na sessão do Tribunal Pleno do TRT-20.

A sessão foi aberta pelo presidente do TRT da 20ª Região, desembargador Fabio Túlio Correia Ribeiro, e conduzida pelo corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Aloysio Corrêa da Veiga. O Relatório Correicional foi lido pelo diretor da secretário-geral da CGJT, Valério Augusto Freitas do Carmo.

A sessão de encerramento da correição foi transmitida ao vivo no canal do TRT-20 no YouTube. Confira:

Correição Ordinária

A correição ordinária avalia, a cada dois anos, o desempenho geral dos TRTs. A atividade,  coordenada pela corregedor-geral da Justiça do Trabalho e sua equipe, analisa, entre outros pontos, dados de movimentação processual, tempos de tramitação, observância de prazos, adequação de procedimentos às normas legais.

Essa inspeção tem mais ênfase no segundo grau de jurisdição, embora também avalie questões do primeiro grau e administrativas. Durante toda a semana, o ministro também realizou reuniões com magistrados, servidores, representantes de entidades da comunidade jurídica e outros interessados.

Confira o calendário de correições ordinárias da gestão do ministro Aloysio Corrêa da Veiga.

Com informações do TRT da 20ª Região (SE)

$(‘#lightbox-ljxj_ .slider-gallery-wrapper img’).hover(
function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 0);
}, function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 1);
}
);
$(document).ready(function() {
var ljxj_autoplaying=false;
var ljxj_showingLightbox=false;
const ljxj_playPauseControllers=”#slider-ljxj_-playpause, #slider-ljxj_-lightbox-playpause”;
$(“#slider-ljxj_”).slick({
slidesToShow: 1,
slidesToScroll: 1,
autoplay: ljxj_autoplaying,
swipeToSlide: false,
centerMode: false,
autoplaySpeed: 3000,
focusOnSelect: true,
prevArrow:
”,
nextArrow:
”,
centerPadding: “60px”,
responsive: [
{
breakpoint: 767.98,
settings: {
slidesToShow: 3,
adaptiveHeight: true
}
}
] });
$(“#slider-ljxj_”).slickLightbox({
src: ‘src’,
itemSelector: ‘.galery-image .multimidia-wrapper img’,
caption:’caption’
});
});

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

TST homenageia 38 personalidades com a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

                           Baixe o áudio Reproduzir o áudio  Pausar o áudio  Aumentar o volume  Diminuir o …