Corregedoria promove correição ordinária no TRT-19 (AL) de 17 a 21 de janeiro

Está será a primeira atividade realizada de forma presencial desde o início da gestão do ministro Aloysio Corrêa da Veiga à frente da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho.





13/1/2022 – O Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL) passará por correição ordinária de 17 e 21 de janeiro. Está será a primeira correição realizada de forma presencial na gestão do corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Aloysio Corrêa da Veiga. Por conta da pandemia, todas as correições anteriores foram realizadas em formato totalmente virtual.

Durante a correição, o corregedor-geral avaliará aspectos diversos, como o andamento dos processos, a regularidade dos serviços, observação dos prazos processuais, entre outros. Ao final do procedimento, será elaborado um relatório com as determinações e recomendações das medidas que deverão ser implantadas para melhorar os serviços e corrigir eventuais problemas detectados.

Confira o edital de correição.

Conheça a Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho.

Com informações do TRT da 19ª Região (AL)

$(‘#lightbox-lpjq_ .slider-gallery-wrapper img’).hover(
function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 0);
}, function() {
const $text=$($($(this).parent()).next());
$text.hasClass(‘inside-description’) && $text.fadeTo( “slow” , 1);
}
);
$(document).ready(function() {
var lpjq_autoplaying=false;
var lpjq_showingLightbox=false;
const lpjq_playPauseControllers=”#slider-lpjq_-playpause, #slider-lpjq_-lightbox-playpause”;
$(“#slider-lpjq_”).slick({
slidesToShow: 1,
slidesToScroll: 1,
autoplay: lpjq_autoplaying,
swipeToSlide: false,
centerMode: false,
autoplaySpeed: 3000,
focusOnSelect: true,
prevArrow:
”,
nextArrow:
”,
centerPadding: “60px”,
responsive: [
{
breakpoint: 767.98,
settings: {
slidesToShow: 3,
adaptiveHeight: true
}
}
] });
$(“#slider-lpjq_”).slickLightbox({
src: ‘src’,
itemSelector: ‘.galery-image .multimidia-wrapper img’,
caption:’caption’
});
});

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Supervisor receberá em dobro por trabalhar durante as férias

A empresa deve pagar todo o período em dobro, e não apenas os dias de …