Ministros Humberto Martins e Og Fernandes entregam novos espaços na Enfam – STJ

​O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins, participou na manhã desta terça-feira (17), ao lado do diretor-geral da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), ministro Og Fernandes, da solenidade de inauguração dos novos espaços da escola. Foram entregues o Auditório Desembargador Eladio Lecey, a Sala Desembargador Nildo Nery dos Santos e a Sala Desembargador Cristovam Daiello Moreira.

Estiveram presentes à cerimônia a corregedora nacional de Justiça e próxima presidente do STJ e do CJF, ministra Maria Thereza de Assis Moura, o ministro Mauro Campbell Marques – futuro diretor-geral da Enfam – e os ministros Herman Benjamin, Moura Ribeiro, e Ribeiro Dantas.​​​​​​​​​​​​​​

Ministros do STJ participam da inauguração de novos espaços da Enfam.​ | Foto: Rafael Luz / STJ.

A escolha dos nomes para os novos espaços teve motivo especial. O desembargador Eladio Lecey foi um dos fundadores e ícones da educação judicial no Brasil, formador imprescindível no desenvolvimento científico e pedagógico da Enfam. Os desembargadores Nildo Nery dos Santos e Cristovam Daiello Moreira também marcaram a trajetória da escola.

As novas unidades foram idealizadas para que docentes e discentes tenham mais recursos para desenvolver as atividades educacionais.

Reconhecimento

O ministro Humberto Martins explicou que a Enfam e seus feitos são resultado de uma ação continuada e que, do primeiro ao último presidente, todos participaram em busca de um objetivo maior, que é o de desenvolver a atualização constante da magistratura. O presidente classificou como justas e merecidas as homenagens feitas aos três juristas.

“Este auditório leva o nome de um dos maiores educadores do Judiciário, o Eladio Lecey. Um homem que dedicava a vida à magistratura e à Escola. Seu trabalho continua vivo, bem como o trabalho do Nildo e do Cristóvão, que se destacaram no campo da formação intelectual e da prática educacional. São três homenagens merecidas”, destacou o ministro Humberto Martins.

O ministro Og Fernandes se disse honrado com a entrega dos espaços e afirmou que a Enfam é um significativo instrumento para a realização da cidadania, através da magistratura. “A escola, a qual tenho a honra de dirigir, possui um olhar voltado para o futuro, onde vislumbramos ser referência nacional para as escolas da magistratura em ensino e pesquisa”, enfatizou.

O diretor-geral da Enfam também fez referência às homenagens àqueles a quem chamou de “raízes do centro de ensino”. “Não são apenas fotos e um currículo na parede. Dói o sentimento pelos que não estão mais fisicamente conosco”, afirmou o ministro Og Fernandes.

O ministro Herman Benjamin ressaltou o trabalho de Eladio Lecey, que, após ter cumprido suas missões na magistratura, teve uma atuação extremamente importante de apoio a crianças com deficiência: “Um humanista disfarçado de juiz ou um juiz verdadeiro”.

Sobre os desembargadores Nildo Nery dos Santos e Cristovam Daiello Moreira, Benjamin destacou suas trajetórias e ações voltadas à educação judiciária, que levaram à criação de escolas, inclusive a Enfam. “Eles ocuparam todos os cargos na magistratura e se dedicaram à inclusão pela arte e pela música. Verdadeiros humanistas”, disse o ministro.

Com informações da Enfam

Fonte Oficial: http://www.stj.jus.br/sites/portalp/Paginas/Comunicacao/Noticias/17052022-Ministros-Humberto-Martins-e-Og-Fernandes-entregam-novos-espacos-na-Enfam.aspx.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Réu pode ser condenado a pagar custas e honorários em ação civil pública ajuizada por associação privada – STJ

​A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que, em ação civil pública …