Supremo promove rodada de conversas entre os parceiros do combate à desinformação – STF

Os parceiros do Programa de Combate à Desinformação do Supremo Tribunal Federal se reúnem nos dias 18 e 19 de maio para discutir estratégias e formas de combater a circulação de notícias falsas e o discurso de ódio, que afetam a confiabilidade nas instituições e direitos fundamentais, como acesso à informação e outros.

Participam das conversas representantes de tribunais, instituições dos setores público, privado e da sociedade civil, bem como de universidades públicas – estaduais e federais -, parceiros do STF no programa.

O primeiro painel, às 15h30 do dia 18 de maio, abordará o tema “Parcerias com os setores público e privado para combater a desinformação”. Com mediação de Mariana Oliveira, secretária de Comunicação Social do STF, participarão o assessor-chefe da Assessoria Especial de Enfrentamento à Desinformação do Tribunal Superior Eleitoral, Frederico Alvim, que comanda o programa de combate à desinformação da corte eleitoral; e os advogados Alberto Teixeira, da Statup Fasius, responsável pela plataforma de análise de tweets sobre o STF; e Francisco Dabus, da Startup Positus, que desenvolverá um ChatBot para o STF com a ajuda do Whatsapp.

No dia 19, às 10h, será realizado o painel “Papel das agências de checagem e da sociedade civil para combate a notícias falsas”, com a mediação do secretário-geral da Presidência e coordenador do Comitê Gestor do Programa de Desinformação, Pedro Felipe Oliveira.

Participam do painel a coordenadora da Rede Nacional de Combate à Desinformação (RNCd Brasil), professora Ana Regina Rêgo; o professor Ivan Paganotti, co-criador do curso online “Vaza, Falsiane!”, que será oferecido aos servidores do STF; a presidente do Instituto Palavra Aberta, Patrícia Blanco; e a diretora do InternetLab, Heloisa Massaro.

Na tarde do dia 19, às 14h, o painel “Contribuição das universidades para a preservação da democracia” será conduzido pelo secretário de Altos Estudos do STF, Alexandre Freire, com a participação de professores de 12 universidades públicas parceiras do programa.

Confira aqui a programação completa do seminário, com todos os participantes.

Rodada de Conversas – “Combate à desinformação: desafios para o Poder Judiciário, para o Brasil e para o mundo” – (Transmitida ao vivo pelo Youtube do STF)

Dia 18/05 (Quarta-feira)

11h30
Apresentação dos parceiros e assinatura de termo de cooperação com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
– Ministro Luiz Fux, presidente do STF
– Ministro Edson Fachin, presidente do TSE

15h30 às 17h
Painel 1: Parcerias com os setores público e privado para combater a desinformação
Mediação: Mariana Oliveira, secretária de comunicação do STF

1.TSE – Frederico Alvim

2.Fasius – Alberto Teixeira

3. Positus – Francisco Dabus

Dia 19/05 (Quinta-feira)

10h às 12h
Painel 2: Papel das agências de checagem e da sociedade civil para combate a notícias falsas
Mediação: Pedro Felipe Oliveira, secretário-geral da Presidência e coordenador do Comitê Gestor do PCD

1.Rede Nacional de Combate à Desinformação (RNCd) – Professora Ana Regina Rêgo – Coordenadora da Rede Nacional de Combate à Desinformação (RNCd Brasil).

2.Repórter Brasil (Curso Vaza Falsiane) – Professor Doutor Ivan Paganotti – Co-criador do curso online Vaza, Falsiane!
3.Instituto Palavra Aberta – Patrícia Blanco – Presidente Executiva e do Conselho Diretor do Instituto Palavra Aberta

4.Internet Lab – Heloísa Massaro – Diretora do InternetLab

14h às 17h
Painel 3: Contribuição das universidades para a preservação da democracia
Mediação: Alexandre Freire, secretário de Altos Estudos e integrante do Comitê Gestor do PCD
Participantes: professores das universidades parceiras – até 7 minutos para cada professor individual, 15 minutos para grupos.

1. UFC – Doutor Tadeu Feitosa – coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação e do Departamento de Ciências da Informação.
2. USP – Doutor Floriano de Azevedo Marquês Neto – Professor Titular do Departamento de Direito do Estado da FDUSP
3. UEPB – Professora Juliana Marques, coordenadora do projeto “Comunica UEPB: o despertar da consciência crítica e o combate à desinformação como ações de comunicação extramuros”; Martha Simone Amorim Soares, coordenadora do projeto “Vivências em Ações Legislativas”, e Rosana Gadelha, coordenadora externa do projeto “Vivências em Ações Legislativas”
4. UEL – Doutor Hernando Borges Neves Filho, do Departamento de Psicologia da UEL; e Mirelle Neme Buzalaf, do departamento de Direito Público
5. UDESC – Daniel Pinheiro – Coordenador e Professor Programa de Pós-Graduação Acadêmico em Administração da UDESC
6. Doutor Edgard Rebouças, professor do curso de Jornalismo da UFES
7. UFT – Doutor Anderson Barbosa Baptista, da Coordenação de Medicina da UFT
8. UFMT – Professora Sandra Jung de Mattos – Pedagoga, Mestre em Educação e coordenadora de Extensão da UFMT
9. UFRR – Doutor José Tarcísio da Silva Oliveira Filho, professor do Curso de Jornalismo da UFRR
10. UEPG – Professor Sérgio Luiz Gadini – coordenador do Programa Agência de Jornalismo
11. UECE – Professora Nukácia Meyre Silva Araújo, líder do Grupo Linguagem, Ensino e Tecnologia do Programa de Pós-graduação em Linguística Aplicada da UECE
12. UEG – Professor Rodrigo Messias de Souza – Diretor do Instituto Acadêmico de Ciências Sociais Aplicadas da UEG

Fonte Oficial: http://portal.stf.jus.br/noticias/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=487177&ori=1

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Confira a pauta de julgamentos do Plenário do STF para agosto/2022 – STF

O ministro Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), divulgou o calendário e a …