CNJ realiza 62ª Sessão Extraordinária nesta terça-feira (14/6)

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza nesta terça-feira (14/6), a partir das 14h, sua 62ª Sessão Extraordinária, com pauta composta por 25 itens. Entre as proposições em análise, são três atos normativos da relatoria do presidente do CNJ, ministro Luiz Fux. Eles tratam da realização de videoconferências no Judiciário, do acesso à Justiça a pessoas excluídas digitais e da realização prévia de análise de impacto regulatório em atos do CNJ que obriguem tribunais a criarem ou a ampliarem bancos de dados, comitês e órgãos.

Também serão apreciados pelo Plenário, 11 recursos administrativos, quatro reclamações disciplinares, quatro procedimentos de controle administrativo, dois processos administrativos disciplinares e uma revisão disciplinar. A 62ª Sessão Extraordinária será realizada em formato híbrido, com transmissão ao vivo por meio do canal do CNJ no YouTube.

Antes da sessão, Fux apresentará os resultados de pesquisa que trata do uso da inteligência artificial nos tribunais brasileiros. Após o encerramento da sessão, o ministro participa do lançamento do livro “O Judiciário do Futuro – Justiça 4.0 e o Processo Contemporâneo”.

Sessão virtual

Na quarta-feira (15/6), o CNJ dará início à 108ª Sessão do Plenário Virtual, que se prolongará até 24 de junho e traz pauta com 46 itens. Os julgamentos do Plenário Virtual são públicos e podem ser acompanhados na página oficial do Conselho, com acompanhamento do lançamento dos votos dos conselheiros e registro do resultado final da votação.

Agência CNJ de Notícias

Acompanhe a 62ª Sessão Extraordinária no canal do CNJ no YouTube
 

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/cnj-realiza-62a-sessao-extraordinaria-nesta-terca-feira-14-6/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=cnj-realiza-62a-sessao-extraordinaria-nesta-terca-feira-14-6.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Link CNJ discute a confiabilidade das eleições nesta quinta-feira (11/8)

Edição especial do Link CNJ desta quinta-feira (11/8) trata da soberania das urnas e da …