busque fontes confiáveis — Tribunal Superior Eleitoral

“Muitas narrativas falsas são esclarecidas por agências de checagem. Uma boa forma de confirmar a veracidade de uma notícia é procurar o assunto em ferramentas de buscas e sites do jornalismo profissional. Cultive esse hábito para enfrentar a desinformação!”.

Esse é o 22º texto da série #DemocraciaEmPílulas, que publica durante todos os dias deste mês de junho mensagens curtas nas redes sociais para reforçar a importância do combate à desinformação no processo eleitoral.

A iniciativa integra uma parceria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o Tribunal Regional da Bahia (TRE-BA) e tem o objetivo de conscientizar cidadãs e cidadãos sobre a relevância do combate às fake news, uma missão de todos.

Quando você tem dúvidas sobre um assunto, o primeiro passo é procurar especialistas, certo? A mesma dica vale para as fake news. Existem agências de checagem sérias especializadas em verificar o que é fato e o que é desinformação. Confira algumas delas: Abraji (projeto Comprova)AFPAgência LupaAos FatosBoatos.orgE-FarsasEstadão VerificaGlobo (Fato ou Fake) e Universo Online (UOL Confere). E lembre-se: na dúvida, não compartilhe.

Siga os perfis do TSE nas redes sociais e fique por dentro: InstagramFacebookTwitterFlickrYouTube e TikTok. Para mais informações sobre voto seguro, estatísticas eleitorais e serviços úteis ao eleitor, converse com o chatbot do Tribunal no WhatsApp.

MM/LC

Fonte Oficial: https://www.tse.jus.br/comunicacao/noticias/2022/Junho/pilulas-contra-a-desinformacao-busque-fontes-confiaveis.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Prazos processuais ficam suspensos durante o recesso forense

Sessão de abertura do segundo semestre forense será dia 1º de agosto, às 19h O …