Turma de 2022 sobre Marco da Primeira Infância recebe inscrições até outubro

O curso online Marco Legal da Primeira Infância, oferecido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ficará com as inscrições abertas até 21 de outubro de 2022. O conteúdo agrega conhecimentos normativos, científicos e técnicos para a implementação da Lei 13.257/2016 e é voltado para profissionais, voluntários e interessados na promoção dos direitos das crianças.

Gestores de estados e municípios, que devem elaborar seus planos intersetoriais pela primeira infância, também podem encontrar importantes subsídios nessa capacitação, que é coordenada pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores do Poder Judiciário (Ceajud) do CNJ. O curso integra o Pacto Nacional pela Primeira Infância, que já conta com quase 300 signatários, entre instituições do Poder Judiciário, Legislativo, Executivo e Sociedade Civil Organizada e todo País.

Cadastre-se aqui para se inscrever no curso Marco Legal da Primeira Infância

O treinamento é composto por trilhas de aprendizagem. A principal delas, comum a todos os participantes, trata sobre Marco Legal, Ciências e Políticas Públicas para a Primeira Infância. Nela, a carga horária é de 45 horas/aula. Nas seis trilhas optativas, são abordados os temas: Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente, Medidas Protetivas (Educação e Acolhimento), Adoção centrada no interesse da criança, Crianças com mães ou pais em Privação de Liberdade, Justiça Restaurativa e Primeira Infância, e Liderança/Comunicação não violenta/Formação de multiplicadores. Com elas, é completada a carga horária de 60 horas/aula. O aluno será considerado aprovado se obtiver um rendimento mínimo de 70% do total de pontos de cada trilha.

O curso é autoinstrucional e ficará disponível até 16/12, quando todos deverão ter concluído a capacitação. Pelo caráter intersetorial do curso, é recomendável que os profissionais incentivem outros atores da rede em que atuam a realizarem o curso de forma articulada, potencializando a aplicação dos conhecimentos adquiridos, inclusive com o desenvolvimento de atividades paralelas entre profissionais imersos na mesma realidade local.

Direito à capacitação  

O Marco Legal da Primeira Infância prevê o direito dos profissionais à capacitação sobre a especificidade da primeira infância, a estratégia da intersetorialidade na promoção do desenvolvimento humano integral e a importância da prevenção e proteção contra toda forma de violência contra a criança. Estudos científicos apontam que investir no cuidado e atenção integrada na primeira infância é a maior oportunidade para garantir os direitos humanos, romper o ciclo de pobreza e da desigualdade social e favorecer a construção de uma sociedade pacífica e sustentável.

Agência CNJ de Notícias

Macrodesafio - Garantia dos direitos fundamentais

 

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/turma-de-2022-sobre-marco-da-primeira-infancia-recebe-inscricoes-ate-outubro/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=turma-de-2022-sobre-marco-da-primeira-infancia-recebe-inscricoes-ate-outubro.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Judiciário do Amapá inscreve para edição do Casamento Homoafetivo na Comunidade

O Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), em parceria como o Conselho Estadual dos Direitos …