confira os 12 governadores eleitos no 2º turno — Tribunal Superior Eleitoral

Confira os perfis dos 12 governadores eleitos no segundo turno das Eleições Gerais de 2022 neste domingo (30):

Alagoas

Paulo Dantas (MDB)

Natural de Maceió (AL), Paulo Dantas (MDB) tem 43 anos e é administrador de empresas formado pelo Centro Universitário Cesmac. Em 2018, foi eleito deputado estadual de Alagoas, mas, em maio deste ano, por eleição indireta, assumiu o governo do estado, uma vez que o então governador Renan Filho deixou o cargo para disputar as eleições para o Senado.

A vida política de Paulo Dantas começou em 2004, quando foi eleito prefeito de Batalha (AL) e, tendo alcançado a reeleição em 2008. Foi reeleito este ano ao governo alagoano pela coligação Alagoas Daqui pra Melhor (MDB/Federação Brasil da Esperança – FE Brasil/PDT/PSC/Pode/Solidariedade). Seu vice é o atual vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa.

Amazonas

Wilson Lima (União)

Wilson Miranda Lima (União) tem 46 anos, é casado e nasceu na cidade de Santarém, no Pará. Ele é o atual governador do estado do Amazonas, tem Tadeu de Souza (Avante) como vice e concorreu à reeleição pela coligação Aqui é Trabalho (Republicanos/PP/PTB/PSC/PL /PRTB/PMN/União/Patriota/Avante).

Bahia

Jerônimo Rodrigues (PT)

Jerônimo Rodrigues (PT) é indígena, natural de Aiquara (BA) e tem 57 anos. Atua como engenheiro agrônomo e professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Já ocupou o cargo de assessor da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, secretário executivo adjunto do Ministério do Desenvolvimento Agrário, secretário nacional do Desenvolvimento Territorial, secretário executivo do Programa Pró Territórios/Cumbre Ibero Americana, assessor especial do ministro do Desenvolvimento Agrário e secretário estadual de Educação da Bahia.

Foi eleito governador do estado pela coligação Pela Bahia, Pelo Brasil (Federação Brasil da Esperança – FE Brasil/PSB/PSD/Avante/MDB). Seu vice é o atual vereador de Salvador Geraldo Júnior.

Espírito Santo

Renato Casagrande (PSB)

Esta é a terceira vez que José Renato Casagrande (PSB), 61 anos, é eleito ao governo do estado. O engenheiro florestal e bacharel em Direito foi governador capixaba em 2010, mas não se reelegeu em 2014. Em 2018, foi escolhido novamente para o cargo e, agora, reeleito. Concorreu neste pleito pela coligação Juntos por um Espírito Santo mais Forte (MDB/PP/Pros/PSB/Pode/Federação Brasil da Esperança/Federação PSDB Cidadania/PDT). Seu vice é o ex-senador Ricardo Ferraço (PSDB).

Mato Grosso do Sul

Eduardo Riedel (PSDB)

Eduardo Correia Riedel (PSDB) tem 53 anos, é empresário e nasceu no Rio de Janeiro (RJ). Ele concorreu pela coligação Trabalhando por um novo futuro (Federação PSDB Cidadania/Republicanos/PP/PSB/PL/PDT). Seu vice é José Carlos Barbosa (PP), de 58 anos, advogado e deputado estadual eleito em 2018.

Paraíba

João Azevêdo (PSB)

João Azevêdo Lins Filho (PSB) tem 69 anos, nasceu em João Pessoa (PB) e, atualmente, é governador do estado. Graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), é professor aposentado do Instituto Federal do estado (IFPB) e já atuou como diretor da Divisão de Planejamento Habitacional do IPEP, chefe da Assessoria de Planejamento Econômico da Urban, secretário de Serviços Urbanos de João Pessoa e secretário estadual da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, entre outros.

Concorreu à reeleição pela coligação Juntos pela Paraíba (PSB/Agir/PP/Avante/PMN/PSD/Solidariedade/Pode/Republicanos/Patriota/Pros). Seu vice é Lucas Ribeiro.

Pernambuco

Raquel Lyra (PSDB)

Advogada com pós-graduação em Direito Econômico e de Empresas, Raquel Lyra (PSDB), 43 anos, é ex-prefeita de Caruaru, sua cidade natal. Deixou o mandato para concorrer ao governo de Pernambuco (PE) pelo PSDB. Lyra já foi delegada da Polícia Federal, chefe da Procuradoria de Apoio Jurídico e Legislativo do governo de Eduardo Campos e deputada estadual por dois mandatos consecutivos, sendo eleita em 2010 e reeleita em 2014. Elegeu-se prefeita de Caruaru em 2016 e conseguiu a reeleição em 2020. Nas Eleições 2022, concorreu pela coligação Pernambuco Quer Mudar (Federação PSDB Cidadania/PRTB). Tem como candidata a vice Priscila Krause (Cidadania).

Rio Grande do Sul

Eduardo Leite (PSDB)

Eduardo Leite (PSDB) tem 37 anos e foi governador do Rio Grande do Sul entre 2019 e 2022. Foi prefeito de Pelotas (RS). Foi candidato pela coligação Um Só Rio Grande (Federação PSDB Cidadania/MDB/PSD/Pode/União). Seu vice é o veterinário e deputado estadual Gabriel Souza (MDB).

Ele havia renunciado ao cargo de governador em março deste ano para concorrer à Presidência da República, mas desistiu após perder as prévias do partido.

Rondônia

Coronel Marcos Rocha (União)

Natural da cidade do Rio de Janeiro (RJ), Marcos José Rocha dos Santos (União) é casado e tem 54 anos. Mais conhecido como Coronel Marcos Rocha, ele alcançou a reeleição ao governo de Rondônia junto com seu vice, Sérgio Gonçalves da Silva, também do partido União. Ambos concorreram aos cargos pela coligação Compromisso, Trabalho e Fé (União/Republicanos/Avante/MDB/Patriota/PSC/Federação PSDB – Cidadania).

Santa Catarina

Jorginho Mello (PL)

Com 66 anos, Jorginho Mello (PL) ocupa hoje o cargo de senador por Santa Catarina. Foi deputado federal pelo estado de 2011 a 2019 e concorreu ao governo catarinense pelo Partido Liberal de forma isolada. Sua vice na chapa, eleita com ele, é a delegada Marilisa (PL).

São Paulo

Tarcísio de Freitas (Republicanos)

Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), 47 anos, é engenheiro e servidor público federal. Natural do Rio de Janeiro (RJ), foi ministro da Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro e chefe da seção técnica da Companhia de Engenharia do Brasil durante a Missão das Nações Unidas (ONU) para a estabilização no Haiti (Minustah). Foi eleito governador de São Paulo pela coligação São Paulo Pode Mais (Republicanos/PL/PSD/PTB/PSC/PMN). Seu vice é Felicio Ramuth (PSD).

Sergipe

Fábio Mitidieri (PSD)

Administrador de empresas, Fábio Cruz Mitidieri (PSD), 45 anos, é deputado federal por dois mandatos, eleito em 2014 e em 2018. Também foi vereador de Aracaju (SE), sua cidade natal. Ainda na capital sergipana, ocupou os cargos de secretário municipal de Esportes e de estado de Trabalho. Em 2022, concorreu ao governo de Sergipe pela coligação Novo Tempo pra Sergipe (PDT/PSC/União/Republicanos/PP/PSD/Avante). Seu vice é o empresário Zezinho, do PDT.

EM/LC

Fonte Oficial: https://www.tse.jus.br/comunicacao/noticias/2022/Outubro/eleicoes-2022-confira-os-12-governadores-eleitos-no-2o-turno.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Confira Também

Não tem título de eleitor? Veja como tirar o documento pela internet — Tribunal Superior Eleitoral

Votar nas Eleições 2024 e em futuros pleitos, candidatar-se a um cargo político, filiar-se a …