Justiça do Trabalho fluminense participa de mutirão em prol da cidadania

O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (RJ) marcou presença, na segunda-feira (4/12), no AcessaJus, mutirão interinstitucional em prol da cidadania. Realizado em Niterói, no Ciep Di Cavalcanti, o evento foi resultado de uma parceria do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) com a Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro e contou com a participação de 15 instituições públicas estaduais e federais.

O mutirão teve como objetivo proporcionar a comunidades mais necessitadas de Niterói o acesso gratuito à Justiça e obtenção de documentos, assim como serviços sociais e de proteção social. Da parte do regional fluminense, foram oferecidos – por meio da atuação de magistrados e servidores – serviços de atermação, consulta processual, além de orientações sobre direitos trabalhistas e previdenciários. O Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc-JT) do TRT-1 foi representado pela juíza do Trabalho Mauren Xavier Seeling (supervisora de primeiro grau) e pelo juiz do Trabalho André Luiz da Costa Carvalho (coordenador de primeiro grau).

A juíza Mauren Seeling disse que, como consequência da participação do Cejusc-JT no mutirão, foi agendada para fevereiro de 2024 uma audiência de conciliação entre as partes de um processo. Essa audiência será realizada em Niterói, como forma de evitar o deslocamento das partes até o Centro da cidade do Rio de Janeiro, onde fica sediado o Cejusc-JT da capital. A intenção é facilitar o caminho da conciliação. “Avalio que é sempre muito rica a participação do TRT-1 nesses eventos, nos quais o acesso à Justiça é ampliado. Além disso, podemos ajudar as pessoas a encontrarem os serviços de que precisam, ainda que não sejam oferecidos pelo Judiciário”, relatou a magistrada.

A juíza federal responsável pelo Programa de Justiça Federal Itinerante no Estado do Rio de Janeiro, Ana Carolina Vieira de Carvalho, destacou a importância da ação integrada de cidadania: “Mesmo sendo em um único dia o atendimento ao público, tentamos atender ao máximo de pessoas e, de acordo com a demanda do local, retornaremos o mais breve possível”.

Fonte: TRT1

Macrodesafio - Garantia dos direitos fundamentais

Fonte Oficial: https://www.cnj.jus.br/justica-do-trabalho-fluminense-participa-mutirao-interinstitucional-em-prol-da-cidadania/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Confira Também

CNJ lança #BlocodoRespeito: campanha de conscientização contra o assédio no Carnaval

O Conselho Nacional de Justiça promove, de 3 a 17 de fevereiro, o #BlocoDoRespeito, uma …