in

Presidente do CNJ acompanha serviços do Sistema de Justiça aos cidadãos de Humaitá (AM)

O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, acompanhou nesta terça-feira (18/6) os serviços prestados pelo Sistema de Justiça durante a primeira edição de 2024 da Justiça Itinerante Cooperativa na Amazônia Legal.

Ministro Luís Roberto Barroso participa do Programa Justiça Itinerante Cooperativa em Humaitá (AM). Foto: Antonio Augusto/SCO/STF

O ministro conversou com moradores locais que aguardavam documentos e benefícios previdenciários. Ele também entregou títulos de terra a duas famílias. Barroso enfatizou a importância da região amazônica para a humanidade.

“A Amazônia é maior prestadora de serviços ambientais do planeta pelo seu papel no armazenamento do carbono. Quando se derruba a floresta, se perde esse serviço ambiental. É impossível exagerar a importância que a Amazônia tem para o Brasil, para o mundo e para a humanidade”, disse Barroso.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Além de atendimento judicial, da Defensoria Pública e do Ministério Público, os cidadãos têm à disposição até a sexta-feira (21/6) informações de órgãos do Executivo federal, como o INSS, a Funai e o Incra. As ações estão estruturadas em sete eixos: indígena, fundiário, ambiental, previdenciário, trabalhista, cidadania (atendimento médico e odontológico e documentação civil), e infância e adolescência.

O atendimento na cidade é fruto de uma parceria entre o CNJ, o Conselho da Justiça Federal (CJF), o Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), além de diversos órgãos municipais, estaduais e federais.

Agência CNJ de Notícias

 

Fonte Oficial: Portal CNJ

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

CE adia análise da reforma do ensino médio para esta quarta

Órgão Especial do Conselho Federal da OAB delibera sobre 13 processos