in

TV Senado exibe documentário sobre trajetória de Fernando Henrique Cardoso

A TV Senado exibe neste sábado (29), às 21h, o documentário O Presidente Improvável, que resgata a trajetória e o pensamento de Fernando Henrique Cardoso. O longa-metragem dirigido por Belisário Franca será transmitido pela primeira vez em TV aberta.

O documentário intercala imagens de arquivo e diálogos do ex-presidente com amigos e colegas. FHC relembra histórias de sua atuação como presidente e parlamentar, reflete sobre o presente e revisa seu legado como político e sociólogo. O longa-metragem tem a participação de nomes como Bill Clinton, Manuel Castells, Gilberto Gil, Ricardo Lagos, Raul Jungmann, Boris Fausto e Alain Touraine.

Fernando Henrique Cardoso nasceu em 18 de junho de 1931, no Rio de Janeiro. Sociólogo e professor da Universidade de São Paulo, foi presidente do Brasil por dois mandatos, entre 1995 e 2003. De 1992 a 1994, atuou como ministro das Relações Exteriores e da Fazenda durante a gestão do então presidente Itamar Franco. Foi senador por São Paulo entre 1983 e 1994.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“É surpreendente a biografia do Fernando Henrique, que desde muito cedo esteve envolvido direta ou indiretamente em fatos históricos do Brasil. Isso me chamou muito a atenção. O valor das instituições que a democracia traz não é garantido. A gente assiste a esse derretimento dos pilares, e escutá-lo falar da sua vida, do seu tempo antes da presidência é de grande impacto”, afirma Belisário Franca.

O documentário O Presidente Improvável integra uma programação especial da TV Senado para a comemoração dos 200 anos da Casa. Em junho, a emissora exibiu outros programas sobre presidentes da República, compondo um mosaico da história política brasileira.

Serviço

O Presidente Improvável

TV Senado (veja como sintonizar)

Estreia: sábado (29 de junho), às 21h. Reprise no dia 7 de julho (domingo), às 21h

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: Agência Senado

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Estreitar laços com a advocacia sul-americana é essencial”, destaca Rafael Horn no Coadem

CAE vota projeto sobre destinação de doações a fundos de pessoa idosa