in

Chico Rodrigues alerta para crise no setor rural de Roraima

Em pronunciamento no Plenário nesta quarta-feira (3), o senador Chico Rodrigues (PSB-RR) chamou a atenção para a crise no setor rural em Roraima.  O senador alertou que a região foi atingida por uma infestação de lagartas, provavelmente relacionada ao de fenômeno El Niño, e que o estado está à beira de uma crise humanitária e econômica sem precedentes.

— Em menos de dois meses, mais de 7 mil cabeças de gado já pereceram, vítimas inocentes de um desastre ambiental potencializado pela fúria do El Niño, que agravou a seca na região e facilitou a proliferação desses insetos. O El Niño é responsável pela escassez das chuvas e pela proliferação de focos de calor exacerbado, que criaram o cenário ideal para a proliferação da lagarta do cartucho do milho e do curuquerê dos capinzais, verdadeiros flagelos que devoram a principal fonte de alimento do gado. Com a escassez de predadores naturais, como pássaros, pequenos mamíferos, répteis e até outros insetos, as lagartas se multiplicaram sem controle, devorando pastos e plantações em um círculo vicioso de destruição — afirmou.

Segundo o senador, estima-se um prejuízo de R$ 63 milhões e futuro incerto para milhares de famílias, incluindo pequenos produtores da agricultura familiar. Além das perdas econômicas, toda a cadeia produtiva da carne em Roraima foi afetada. O parlamentar enfatizou a necessidade de ações imediatas e coordenadas dos governos federal, estadual e municipal.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Além disso, Chico Rodrigues destacou a importância do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Iater) para diagnosticar a situação e implementar medidas de controle das pragas e recuperação das pastagens. Ele ressaltou que o apoio de outros órgãos governamentais é fundamental para que o Iater possa ampliar e fortalecer suas atividades no campo.

— Esperamos que o governo federal, através do Ministério da Agricultura, possa, em caráter emergencial, liberar recursos para que se possa utilizar uma metodologia de recuperação de pastagem, com replantio do capim, com aplicação de defensivos através de drones, que é uma tecnologia hoje mais moderna e mais rápida, e nós possamos dar, de uma forma definitiva, esperança àqueles que na verdade confiam em nós — declarou. 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: Agência Senado

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Participação do agricultor familiar na produção de biodiesel passa na CRA

Aprovado, acesso de cooperativas a fundos de desenvolvimento vai à Câmara