in

Webinário apresenta nova funcionalidade do Sistema de Apoio Operacional e Relatórios (SAO) 

16/5/2024 – O Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) promoveu na última semana um webinário destinado à apresentação da nova funcionalidade do produto Sistema de Apoio Operacional e Relatórios (SAO), solução digital vinculada ao Sistema de Processo Judicial Eletrônico (PJe). Durante o evento, os servidores dos Tribunais Regionais do Trabalho tiveram a oportunidade de sanar dúvidas e compreender de forma mais aprofundada a funcionalidade da loja de relatórios.

O SAO, disponível desde a versão PJe 2.10.0, é um repositório que armazena todas as opções de relatórios criados em cada tribunal, e, ao mesmo tempo, permite o compartilhamento e aproveitamento dessas soluções.

Padronização e compartilhamento de informações

Responsável por apresentar a Loja de Repositórios, o servidor Rodrigo de Araújo Gouveia, chefe da Divisão de Sistemas Nacionais do TRT da 13ª Região (PB), explicou que a funcionalidade resultará em benefícios mútuos para todos os tribunais. “Com o repositório, todos os tribunais regionais podem lançar relatórios que poderão ser utilizados nacionalmente”, disse.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Segundo Gouveia, a loja também possibilitará uma padronização dos relatórios e o compartilhamento desses documentos de forma mais eficaz, além de facilitar a disponibilização de eventuais atualizações ou correções.

Ferramenta poderosa

O secretário-geral do Conselho Superior da Justiça do Trabalho e gestor nacional do PJe na Justiça do Trabalho, juiz Bráulio Gusmão, destacou a eficiência e abrangência da ferramenta de relatórios.  “É uma ferramenta muito poderosa que precisa ser cada vez mais utilizada”, disse. “Um exemplo bem claro desse potencial é a utilidade da ferramenta para coletar os dados na Semana da Conciliação Trabalhista desde o ano passado. Todos os dados vieram das mesmas fontes e locais, gerando uma visão nacional e padronizada”, completou.

(Luana Nogueira/AJ)

Fonte Oficial: TST

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Levantamento identifica gargalos para cumprimento das metas nacionais do Poder Judiciário

Giro pelas comissões